terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Paróquia do São Sebastião em festa pelo padroeiro

Tribuna de Petrópolis - 10/01/2012

A Igreja que agora está com a pintura finalizada está em festa
A Paróquia de São Sebastião do Indaiá inicia amanhã a tradicional festa do seu padroeiro, que começa com a novena nesta quarta-feira e termina somente no dia 22 de janeiro. Realizada desde o ano 2000, a novena sempre motiva os fiéis e é uma preparação para o dia do santo, 20 de janeiro, quando serão celebradas seis missas. Durante os nove dias, haverá a presença de muitos devotos de toda a cidade. O pároco estima entre 400 a 500 pessoas presentes em cada dia. Neste ano, o tema é Eis o que o Espírito diz à Igreja.
“A novena é um grande momento de preparação que a Igreja celebra desde o tempo em que Jesus pediu que os apóstolos não saíssem de Jerusalém entre a Ascensão e Pentecostes. Assim, esse período de nove dias ficou ligado a uma espera por algo maior. Espero que a comunidade se renove em muitos aspectos, por isso escolhi a imagem do Apocalipse das igrejas primitivas. Será uma renovação para a igreja paroquial. Tragam a Bíblia”, informou o pároco padre João Rosa de Miranda.
As comunidades do fim do primeiro século tiveram a atenção chamada pelo próprio Deus e assim o padre espera cativar os fiéis e exortá-los. A cada dia um sacerdote de outra paróquia irá pregar na novena, sempre celebrada junto com a missa, às 19h30, com exceção do domingo (15), que continua às 19h. No dia do Glorioso Mártir, haverá a tradicional alvorada festiva às 6h e o início da festa com barraquinhas até o dia 22.
No dia 20, as missas serão às 7h, 9h, 11h, 15h30 (Missa dos Enfermos), 18h e 19h30 (precedida com procissão pelas ruas do bairro). No dia 21, haverá um show no pátio da Igreja de São Sebastião com a dupla Heid e Márcio, que tocam MPB, às 20h30. Já no dia 22, além das missas de domingo (8h, 11h e 19h) e de um Show de Prêmios (14h), haverá apresentação do Ministério Ar.Anjos logo após a última celebração. Neste mesmo dia, uma queima de fogos encerrará os festejos.
A festa de São Sebastião acontece no mesmo local desde 20 de janeiro de 1952, data da segunda iniciativa para arrecadar fundos para a construção da igreja (a primeira festa foi em setembro de 1951). A comissão de obras era encabeçada por frei Leão, pároco de Santo Antônio do Alto da Serra, do qual o bairro fazia parte, e colaboradores como João Arnaldo Theóphilo, José Francisco Nicolau e Custódio Ferreira da Costa. A igreja foi inaugurada em 23 de janeiro de 1955. O santo foi invocado por ser padroeiro da peste, que havia atingido o logradouro há alguns anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário