sábado, 7 de janeiro de 2012

Homem é assassinado em plena luz do dia no 'Chapa 4'

Tribuna de Petrópolis - 07/01/2012

O pedreiro chegou a fugir para o banheiro do bar, mas acabou executado
Na tarde de ontem, um crime assustou os moradores da localidade Chapa 4, entre o Valparaíso e o Dr. Thouzet. Um assassinato ocorreu na Rua Lopes de Castro, dentro do Bar do Primo. Quatro homens entraram no estabelecimento e dispararam contra o pedreiro Leandro da Costa Teixeira, de 30 anos, vulgo Russo. Ele ainda conseguiu correr para o banheiro, onde se trancou, mas os homens arrombaram a porta e deram mais alguns tiros. Quatro acertaram na vítima: dois nas costas, um no braço e outro na nuca.
O proprietário do bar se escondeu debaixo da bancada quando escutou o primeiro tiro e disse não ter reparado naqueles que atiraram. Leandro morava perto do ponto final do Chapa 4 e já tinha passagens pela delegacia por tráfico de drogas e um homicídio. O bar ficou interditado até a chegada da perícia da Polícia Civil. Antes, na cena do crime, só era possível ver quatro cápsulas no chão e ninguém pôde entrar no banheiro onde ficou a vítima.
O irmão do pedreiro quis ver o corpo, mas não obteve permissão de policiais militares até a chegada da perícia. A Polícia Civil já começou as investigações, contando somente com uma testemunha que se encontrava alcoolizada e, ontem, não conseguia descrever o ocorrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário