sábado, 14 de janeiro de 2012

Novena de São Sebastião - 3º Dia


Imagem ornamentada ontem
No terceiro dia da Novena do Glorioso Mártir São Sebastião, a missa foi presidida novamente pelo Pe. Alan Rodrigues, vigário da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Magé. Mas quem fez a reflexão sobre a Igreja de Esmirna, com o tema "Não temas o que deverás padecer" (Ap 2, 8-11), foi o nosso pároco, Pe. João Rosa, que contextualizou o tempo em que o livro do Apocalipse foi escrito.

Pe. João na oração da Novena
Pe. João destacou que os próprios judeus eram os que mais se incomodavam com o crescimento do cristianismo, que era considerado uma seita dentro do judaísmo. Das sete igrejas existentes no fim do século I e que são descritas no livro, somente duas não são reprovadas e uma delas é Esmirna. Como Deus não tem nada a reprovar, Ele elogia a comunidade. No entanto, anuncia que enviará tribulações durante dez dias para testar a fé do povo. "Sê fiel até a morte e te darei a coroa da vida", diz o versículo 10.

Quem for mais fiel receberá uma recompensa melhor. O prêmio é a vida eterna, que deve ser encarada como uma conquista. "Jesus foi o primeiro desmotivador, a desanimar quem tinha dúvidas. Foi a pessoa mais realista do Evangelho, desestimulante mesmo, pois Ele nunca prometeu vida fácil e ninguém é obrigado a cumprir o que Ele diz", destacou o Pe. João. O Evangelho de ontem tratava de uma passagem de Mateus 16, 24: "Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me".

Pe. Alan, amigo da comunidade desde os tempos de seminarista
No fim, o padre Alan deixou também o seu recado em tom de brincadeira: "Quando eu for pároco não prometo vida sem sofrimento, mas colocarei uma placa na frente da Igreja dizendo: 'Pode vir, mas prepara o lombo'", frisou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário