terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Nova tabela para ônibus intermunicipais já vale

Tribuna de Petrópolis - 03/01/2012

As novas tarifas para as linhas de ônibus que circulam entre os municípios do Estado do Rio de Janeiro entraram em vigor ontem. O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) publicou no Diário Oficial do Estado, na edição do dia 20 de dezembro, portaria autorizando o novo índice de reajuste para o transporte intermunicipal de passageiros, que ficou em 6,64% e foi baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos doze meses. Em Petrópolis, 18 linhas sofreram reajuste.
A maioria delas é da Unica/Fácil, que possui doze linhas. Sete destas fazem a ligação com o Rio de Janeiro e o trajeto com a passagem mais cara é o Castelo/Itaipava, que teve o valor aumentado para R$ 25,08. José Antônio de Campos Peixoto, gerente administrativo da empresa, explica os novos valores. “Reajustamos as passagens com o índice divulgado pelo Detro, mas desde que fomos para a nova rodoviária aplicamos também um desconto de 10%, pois economizamos nos custos com a diminuição de 5Km e resolvemos dar essa diferença para o passageiro, com o intuito de ajudar a pagar o transporte para o novo local”, informou ele.
A empresa Progresso tem cinco linhas que fazem a ligação com os municípios de Três Rios, São José do Vale do Rio Preto, Paraíba do Sul, Vassouras e Barra Mansa. A passagem mais cara é a de Barra Mansa, que subiu para R$ 46. A viagem para Vassouras sai por R$ 31,61, a Três Rios R$ 15,82, Paraíba do Sul R$ 19,82 e São José R$ 12,30. O trajeto para a vizinha Teresópolis, administrado pela empresa de mesmo nome da cidade, teve o valor aumentado de R$ 13,95 para R$ 14,75.
As novas tarifas resultam das regras previstas na Portaria 975 do Detro, que define novembro como data-base para a revisão tarifária. Essa medida atende à determinação do Ministério Público. Os valores de todas as tarifas das linhas com trajeto intermunicipal estão disponíveis para consulta no site do Detro: www.detro.rj.gov.br. O aviso sobre os novos valores deverá ser afixado em ônibus, guichês e pontos de vendas pelas empresas. O Rio Card continua sendo aceito com o valor antigo até 30 dias após o reajuste entrar em vigor, isto é, até o dia 2 de fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário