segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Nova secretária de Educação diz que chama concursados até junho

Tribuna de Petrópolis - 15/01/2012

Cláudia Quintanilha, a quarta titular da Secretaria de Educação na administração de Paulo Mustrangi, assume o desafio de conduzir a pasta neste último ano de governo. Dizendo estar confiante na reeleição do prefeito, ela elogia a equipe e confirma que dará continuidade aos projetos já existentes, assim como revela as metas para este ano. Um dos principais objetivos é substituir os professores contratados por concursados até o mês de junho, quando espera admitir os aprovados no Concurso Público. Ela garante ter recursos suficientes para todos os projetos.
O ano letivo começará com professores contratados. “Assim teremos um início de ano tranquilo. Estamos fazemos um estudo junto com a assessoria jurídica do gabinete do prefeito para redigir esses contratos temporários. Nossa previsão é chamar os aprovados no concurso e empregá-los já no mês de junho. O concurso vai suprir toda a carência que temos na rede e não precisaremos mais ter os contratados. Teremos também um banco de reservas, que poderemos utilizar logo que tivermos aposentados, licença prêmio, gestantes e exonerações”, informa Cláudia Quintanilha. 
“O governo começou em 2009. Então, desde aquele momento, os projetos da secretaria tiveram um crescimento em várias etapas, enfrentando muitos desafios. Nesse tempo, muitas coisas surgiram, como as trocas de comando da pasta. Mas deixo claro que é um processo evolutivo”, declarou ela. Para Cláudia, que era subsecretária de Ensino Fundamental até o início do mês, a implantação do PCCS foi uma vitória de todos os profissionais da Educação.
Até o fim de 2012, a secretária espera colocar mais sete mil alunos na Educação Infantil. “O projeto de governo tem um olhar diferenciado para a reforma de unidades. Fizemos grandes obras de ampliação e teremos mais Centros de Educação Infantil (CEI) de qualidade. Serão inauguradas nove unidades em locais como Carangola e Pedro do Rio”, destacou ela. Ainda fechando o número de matrículas para este ano letivo, espera-se que o ano de 2011 seja superado em 1,4 mil novos alunos para o Ensino Fundamental. O Censo de 2010 já aponta 92% das crianças na rede pública municipal.
Em relação às reformas, Cláudia informa que foram feitas intervenções em unidades de todo o município, como na BR-040 (E. M. Dom Pedro de Alcântara), no Meio da Serra (E. M. Pedro Amado), no Vale das Videiras (E. M. Américo Fernandes Ribeiro) e no distrito da Posse.  Ainda neste ano, serão inaugurados mais 12 laboratórios em parceria com o governo federal através do Programa Nacional de Informática na Educação (Proninfo), totalizando 135 unidades.
A Casa do Barão do Mauá, que já foi sede da prefeitura, está sendo desapropriada e será destinada ao uso da Educação. No prédio será montado o Centro Cultural da Educação. “Será um espaço de culminância de todos os projetos que temos na rede. Muita coisa acontece e não é noticiada, não é levada ao grande público. A escola Dr. Rubens de Castro Bomtempo, no Vila Felipe, é um exemplo de unidade que realiza muitas iniciativas. Precisamos divulgar isso, potencializar o trabalho que já é muito bem desenvolvido”, esclarece a secretária.
Além da histórica casa, outros prédios recebem obras neste ano. O Centro de Capacitação em Educação Frei Memória, criado em 1999, vai voltar a ser um local dedicado à formação de educadores. “Realmente o prédio não está em bom estado de conservação, como já foi noticiado. É interesse do prefeito que aquele lugar volte a ser usado como era seu planejamento inicial: um centro de formação. Vamos resgatar essa identidade perdida. Outros setores da secretaria que atuavam lá estão sendo transferidos para a sede da Avenida Koeller. A reforma vai devolver as salas para cursos, como já tivemos lá anteriormente”, lembra ela.
O outro local que está recebendo atenção especial do governo municipal é o Centro de Referência em Educação, na Estrada da Saudade, que funcionará junto à Fábrica do Saber. O centro vai incentivar os alunos a ter atividades no contra-turno escolar, período em que estarão fora das salas de aula. Serão oferecidas aulas de dança, fotografia, teatro, música, informática, moda, gastronomia e utilização da biblioteca. “É uma nova perspectiva para os adolescentes daquela região. E vai atender as demandas de famílias que não têm condições de pagar por esses cursos”, enfatiza Andreza Chaves, chefe de gabinete da secretaria.
O novo regimento das escolas municipais, que deve ser publicado na próxima semana, é uma das metas já alcançadas. Ele contém as normas que regem o funcionamento de todas as 183 escolas da rede. Houve mudança na matriz curricular. E no mês de março, a TV Escola volta a exibir na sua grade vídeos produzidos por alunos da rede, como no ano passado. Prêmios da Ampla e para professores destacados compõem o quadro de conquistas da secretaria.
“É um grande desafio, com certeza. Todos fazemos parte de uma grande equipe, coesa e que comunga das mesmas expectativas do prefeito. Queremos ter boas relações com a imprensa e a comunidade para desenvolvermos um bom trabalho neste ano”, concluiu ela. Cláudia é professora da rede municipal desde 1991 e também ocupou o cargo de diretora adjunta do Colégio de Aplicação da Universidade Católica de Petrópolis (UCP). De 1997 a 2000, foi diretora do Departamento de Educação na administração de Leandro Sampaio. Entre os anos de 2001 a 2010 foi diretoria adjunta da Escola Municipal Professor Josemar Contage, em Corrêas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário