quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Relatório da Defesa Civil de Petrópolis

Ascom PMP - 03/01/2012

A Coordenadoria de Defesa Civil da Prefeitura de Petrópolis informou que foram registradas 277 ocorrências (sendo 222 emergências e 55 preventivas) desde o último domingo e cerca de 80% das solicitações já foram atendidas. Apesar da intensidade das chuvas, não houve registro de vítimas. Até o momento, oito pessoas estão desalojadas. Todas já estão sendo assistidas pelo governo municipal.

Grande parte das ocorrências refere-se a pequenos deslizamentos de terra, residências que apresentam pequenas rachaduras, alagamentos e vistorias preventivas. Os atendimentos estão sendo feitos de acordo com gravidade de cada caso. Em ordem, os bairros mais afetados com as chuvas: Cascatinha (47 ocorrências), Floresta (21 ocorrências), Araras (20 ocorrências), Roseiral (19 ocorrências), Corrêas (15 ocorrências) e Itaipava (15 ocorrências).

Segundo o balanço da Defesa Civil, foram registrados os seguintes tipos de ocorrências pelos distritos: alagamentos (1); ameaças diversas (2); danos a muros (13); danos e afundamentos da vias (4); deslizamentos (195); desmoronamentos (4); desplacamento de blocos (3); infiltrações (7); queda de árvores (6); rachaduras (18), risco de deslizamento (8); risco de queda de muro (1); e risco de queda de árvore (14).

O Comitê de Ações Emergenciais informa que está em ESTADO DE VIGILÂNCIA em função da ausência de chuvas. Todos os órgãos que fazem parte do comitê estão mobilizados para qualquer tipo de emergência.

Nas últimas 24 horas, o maior volume de precipitação registrado ocorreu na Avenida Barão do Rio Branco, com índice pluviométrico de 29 milímetros. No Itamarati o registro pluviométrico apresentou 24 milímetros. No bairro Independência, o volume de chuva chegou a 22 milímetros. O Vale do Cuiabá registrou o segundo menor índice pluviométrico, com 23 milímetros. As informações podem ser aferidas no site do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) – http://inea.infoper.net/inea/.

A Defesa Civil funciona em regime de plantão 24 horas com equipes para atender a todos os chamados da população. As solicitações podem ser feitas pelo telefone 199.

Ações do Comitê

Na tarde desta terça-feira, o Comitê de Ações Emergenciais esteve na Rua João de Farias, no bairro Alto Alcobacinha. No local houve um deslizamento de terra que a princípio colocou em risco cerca de 10 residências. A Secretaria de Obras realizou a construção de um pequeno desvio em blocos de concreto na via principal que facilitará o fluxo das águas pluviais e construirá uma nova rede de captação. A Comdep já desobstruiu toda a rua que dá acesso as residências.

Para solucionar o problema, o presidente do Comitê, Luis Eduardo Peixoto, conversou com os moradores da localidade e apresentou algumas orientações que eles deverão seguir a partir de hoje, como: não desmatar, pois as árvores e outras vegetações servem para conter os deslizamentos; evitar o plantio de bananeiras, já que elas concentram muita água; antes de construir, deve-se procurar a Prefeitura; e ficar atento a canos de água com vazamento e acúmulo de lixo, que contribuem para os deslizamentos de terra.

Outra importante ação que está sendo feita pela Prefeitura de Petrópolis, concentra-se na Rua Brigadeiro Castrioto, no bairro Esperança, próximo ao nº 2.387. Equipes da Comdep estão neste momento realizando a limpeza do barranco, que apresentava um grande acumulo de lixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário