quinta-feira, 3 de março de 2011

Ong’s pedem apoio para trabalho de castração de animais

Tribuna de Petrópolis - 02/03/2011


Encontro uniu representantes de ong’s e do governo municipal

Na última segunda-feira, três organizações não governamentais que têm convênio com a prefeitura para a realização de castração gratuita de animais se reuniram com a Vigilância Sanitária do município. As três ong’s se encontraram com dois representantes da entidade, Alba Dia e Eduardo Lucena, com o objetivo de estabelecer novos parâmetros para a castração. O vereador Albano Filho (PSB), o Baninho, também esteve presente. A reunião aconteceu na sede da vigilância, na Rua Almirante Tamandaré, 52, Centro.
“A reunião foi muito boa e nosso principal objetivo é a manutenção do convênio, que deve ser renovado. A política da prefeitura é de ir renovando a cada ano. Atualmente, fazemos mais de mil castrações por mês, distribuindo geograficamente pela cidade. Com a saída da outra ong, a verba vai para R$ 2.666 por mês, mas ainda é insuficiente”, disse Carlos Eduardo da Cunha Pereira, do Gapa.
As três ong’s (SPPA, Cia. dos Animais e Gapa-MA) cobraram do governo municipal medidas que já estavam previstas no convênio. Entre elas, a necessidade de apoio da Vigilância Sanitária para o transporte dos animais e que seja definida também a gestão de resíduos orçamentários de um mês para o outro. Foi elaborada também uma nova tabela, que será repassada aos veterinários locais.
“Uma entidade saiu e, como cada ong recebe R$ 2 mil, essa verba será dividida para as outras três, mas esse valor já está defasado, pois foi fixado em 2005. Sendo assim, em 2008, junto com o ex-vereador João Luiz de Freitas, fiz uma emenda reajustando o valor para R$ 4,5 mil. O ideal seria poder aumentar o patamar de castração para cerca de 3.900 animais”, disse o vereador Baninho (PSB).
Os representantes do Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e ao Meio Ambiente (Gapa-MA), da  Sociedade Petropolitana Protetora dos Animais (SPPA) e da  Companhia dos Animais estão na expectativa para um  encontro com a secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, que ainda será marcado. Por hora, o grupo ainda tem pendências a ser resolvidas com a Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário