terça-feira, 22 de novembro de 2011

Prefeito apresenta planos contra a dengue

Tribuna de Petrópolis - 22/11/2011

O prefeito e a secretária de Saúde receberam um grupo de servidores que trabalha no combate à dengue
A Prefeitura Municipal lançou ontem o programa Petrópolis Contra a Dengue, quando também apresentou o Plano de Contingência para Dengue no Município de Petrópolis (2011-2012). Foram exibidos dois vídeos que serão divulgados na televisão local e distribuídos folhetos e outras peças da campanha de comunicação que visa informar e mobilizar a população petropolitana.
A campanha tem como tema Não deixe a dengue subir a serra neste verão, o que reflete a mudança de hábitos do mosquito Aedes aegypti, que em outros tempos não chegava a incomodar os petropolitanos. Estiveram presentes no anúncio o prefeito, a secretária de Saúde Aparecida Barbosa, o secretário de Governo Charles Rossi, o secretário de Obras Stênio Nery e o presidente da Comdep Anderson Juliano.
O plano de contingência da dengue será atualizado a cada ano, como explicou a secretária Aparecida Barbosa. “O que for feito em 2012 será aprimorado para 2013 e assim sucessivamente. Temos 40 agentes de endemia e quase 300 agentes de saúde. Para o trabalho da Coordenação de Epidemiologia tivemos que contratar mais pessoas, que foram capacitadas e devidamente treinadas para a função. Se sentirmos necessidade de aumentar o efetivo, assim o faremos”, declarou ela.
Para a titular da pasta de saúde, os casos registrados na região do Cascatinha e no Meio da Serra no início deste ano não fazem parte de um fato isolado. “Os casos vêm subindo desde 2000, mesmo que aos poucos o mosquito já está se adaptando à cidade. Os agentes vão voltar aos locais onde o índice de casos estiver aumentando. O nosso foco, nosso objetivo principal com essa campanha, é promover uma mudança de cultura na população. É convencê-los de que o problema está por aqui também”, informou Aparecida Barbosa.
De acordo com ela, o erro de anos anteriores foi não ter contextualizado as campanhas de nível federal e estadual. “As ações nunca foram trazidas para a realidade dos petropolitanos. Queremos agora mostrar que o poder público está cumprindo a sua parte e a população deve nos seguir com essa campanha. Todos devem estar bem informados para enfrentar o mosquito”, enfatizou ela.
Quem também marcou presença no lançamento da campanha foi o vereador João Tobias (PPS). “O mosquito sempre existiu aqui na cidade. Em 1998, quando era secretário de Saúde do município, já teve registro de casos de dengue. O mosquito tem um poder de adaptação grande, a a campanha é para que o aumento dos registros não nos surpreenda. Oficialmente, tivemos um crescimento de 2000% do verão de 2009/10 para 2010/11, de 3 para 305 casos”, alertou ele.
O governo municipal pede que ao detectar ou desconfiar de focos de mosquitos o cidadão ligue para os telefones 2231-0841 ou 2291-1594 e fale com as autoridades sanitárias. O mosquito da dengue coloca seus ovos preferencialmente em água limpa e parada e, por esse motivo, é importante manter bem tampado todos os recipientes que retem água como cisternas, garrafas, latas de lixo e até a tampa do vaso sanitário. Mais informações no site http://www.riocontradengue.com.br/conteudo/index.asp.

Nenhum comentário:

Postar um comentário