quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Duas jovens e um projeto em comum: levar alegria e ajuda a quem precisa

Tribuna de Petrópolis - 09/11/2011

As amigas Renata Duriez e Mayara Hemmings são as coordenadoras do novo projeto “Alegria Compartilhada”
A solidariedade dos petropolitanos não é um fato novo, mas ficou evidenciada nos últimos dois anos pelas campanhas de arrecadação para o custeio dos tratamentos de três jovens: Maria Júlia Lepsch Bull Massi Leão, Gabriel Thompson Schanuel Bastos e Juliana Maria. Os dois últimos ainda correm atrás dos poucos recursos que lhes faltam. Assim também foi feito no auxílio às vítimas da tragédia das chuvas no Vale do Cuiabá, quando centenas de voluntários se engajaram nas ações humanitárias. Agora, são grupos que se organizam voluntariamente para ajudar as instituições da cidade com donativos e carinho.
Foi nesse espírito que surgiu, na semana passada, o projeto Alegria Compartilhada. Em uma conversa informal, as estudantes Renata Duriez e Mayara Hemmings descobriram que tinham um desejo em comum de poder realizar um trabalho voluntário. Mayara já tinha até um projeto escrito daquilo que pretendia realizar primeiramente para o Dia das Crianças, mas teve que adiar a iniciativa. Ela mesma, no entanto, não imaginava que encontraria apoio de pessoas tão próximas.
“ É muito bom poder fazer ações desse tipo. Cada hora surge uma ideia nova, um detalhe diferente. A internet ajudou a divulgar rapidamente a campanha e muitas pessoas foram aderindo. As redes sociais também foram importantes na divulgação. Inclusive criamos um evento (que até à tarde de ontem tinha 120 pessoas confirmadas)”, explicou Mayara Hemmings, de 20 anos, estudante de Publicidade e Propaganda.
Para isso, nos dias 10 e 11 de novembro, o grupo que conta com 15 pessoas estará com uma barraca para receber as doações na Praça Dom Pedro entre 14h e 18h. As organizadoras pedem brinquedos que não estão sendo mais usados e estejam em bom estado, leite em pó, achocolatado, alimentos não perecíveis e roupas. A instituição a ser beneficiada com as doações é o Lar Nossa Senhora das Graças, que fica em Corrêas. A intenção é realizar campanhas uma vez por mês, ajudando sempre um local diferente.
“A ideia não é parar por aqui e fazer uma campanha só para o Natal, é dar continuidade ao projeto. A próxima entidade deve ser um orfanato que atende só meninas, mas ainda falta a confirmação. O nosso intuito lá é realizar um Dia de Princesa, com cabeleireiros e fotógrafo. Elas não querem só as doações de sempre, mas também atenção, um olhar diferente. As meninas não querem ser vistas com um olhar de piedade somente”, declarou Mayara.
De acordo com Renata, o objetivo de fazer a campanha em dois dias é que as pessoas dizem que sempre são pegas de surpresa e teriam algo em casa para trazer. “Assim, todo mundo tem o segundo dia para levar as suas doações e fica sem desculpa”, frisou ela. As organizadoras deixam o telefone para contato e para mais informações sobre o projeto: Mayara – 9231-7225, e Renata – 8801-1326.

Nenhum comentário:

Postar um comentário