domingo, 20 de novembro de 2011

Caminhão bate em muro no Moinho Preto

Tribuna de Petrópolis - 20/11/2011

Moradores do Moinho Preto foram surpreendidos na manhã de ontem pela interdição da Rua Salvador Costa Alves, que faz a ligação com a Mosela. A interrupção no tráfego foi motivada por um caminhão que não conseguiu fazer a manobra em uma curva fechada e acabou atingindo um muro. Ele ficou preso no trecho durante grande parte do dia, desde as 9h. O veículo pertence a uma transportadora e estava carregado com 16 toneladas de material destinado à fábrica envasadora de água mineral da Nestlé, na parte alta do bairro.
O muro atingido caiu sobre uma plantação de hortênsias de uma residência. A empresa de transporte coletivo Esperança, que atende a localidade, teve que remanejar os veículos que passam pelo local (linhas 122 – Fazenda Inglesa e 139 – Moinho Preto) para a BR-040. “Sorte que não houve vítimas. Isso é muito bom”, disse uma moradora que estava apreensiva com a situação.

Um comentário:

  1. Engracado, mas ninguem fica apreensivo com a Nestle detonando as aguas dai!!! ACORDA PETROPOLIS!!!

    ResponderExcluir