sábado, 26 de novembro de 2011

Pacientes fazem peregrinação por UPA e PS sem pediatras

Tribuna de Petrópolis - 26/11/2011

Os pediatras, que já não são muitos nos sábados e domingos, agora faltam também no meio de semana. Ontem, dezenas de pais só tiveram a UPA do Centro como local de atendimento para seus filhos e muitos chegavam ao local já tendo passado pela UPA de Cascatinha e Pronto Socorro do Alto da Serra. A demora na realização das consultas também irritou aqueles que estavam na unidade há mais de 5 horas.
Bruno Gomes Castelo Branco foi um dos pais que não encontrou solução, mesmo procurando o atendimento da UPA. “Minha filha tem cinco anos e está há dois dias com alergia e intoxicação alimentar. Tem gente em situação pior do que a minha, que chegou aqui às 11h (o contato com a reportagem foi feito às 16h30), mas a demora está sendo a pior coisa. Tem um pediatra só para uma sala de espera lotada”, desabafou ele.
Outro a reclamar do atendimento e falta de profissionais durante essa sexta em todo o município foi o auxiliar de serviços gerais Paulo César Mendonça. O filho dele tem cinco meses e está com fortes dores na costela. Seguranças da Unidade de Pronto Atendimento barraram a entrada da imprensa, assim como regulavam a presença de familiares na sala de espera. Só podia permanecer um responsável pela criança.
A Secretaria de Saúde informou que “lamenta confirmar” a falta de pediatras, ontem, na UPA Cascatinha e comunicou que todos os pacientes foram direcionados à UPA Centro, onde havia dois pediatras e quatro clínicos de plantão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário