terça-feira, 22 de novembro de 2011

Escritor e professor petropolitano lança romance “Amor Perfeito”

Tribuna de Petrópolis - 20/11/2011 - Reportagem de Fernanda Tavares

O professor e coordenador do curso de Letras da Universidade Católica de Petrópolis, Leandro Rodrigues lança no dia 23 o romance “Amor Perfeito”. O livro, inspirado no conto de Machado de Assis “A Teoria do Medalhão”, relata a história de um pai que conta sua grande história de amor para a filha. O lançamento vai ocorrer a partir das 20h, no Salão Nobre da UCP.
“Após a festa de aniversário de doze anos de sua filha, Laércio julga estar sozinho na sala. E, após um dia inteiro de resistência, permite que emoção tome posse de si. Com isso, uma lágrima escorre por sua face. Entretanto, naquele exato momento, sua filha chega à sala e presencia o fato. Meio constrangido, Laércio tenta inventar uma desculpa. Todavia, não obtém sucesso. Vic, sua filha, pede-lhe, então, que, naquele instante, ele possa dar o maior e mais aguardado presente da vida dela, isto é, a verdade a respeito do que aconteceu com Marina, sua mãe. Laércio tenta esquivar-se, porém, diante dos argumentos irrefutáveis, vê-se vencido e obrigado a contar passo a passo a história entre ele (Laércio) e Marina, o grande amor da sua vida. E, assim, discorre todo o texto, em uma técnica de flashback”, afirma Leandro.
Esse é o primeiro livro do professor que já publicou textos em revistas literárias, como a Argila. A ideia de escrever o livro surgiu a partir do questionamento interno levantado pelo conto de Machado de Assis. “ Em “A Teoria do Medalhão”, o mestre do Realismo narra a história de um homem bem sucedido que, após a festa em que se comemorava a maioridade do filho, resolve ensinar ao seu rebento as “artimanhas” para poder dar-se bem na sociedade da época. É algo genial e típico do Realismo. Não tenho nada contra Machado de Assis, pelo contrário, ao lado de Guimarães Rosa, é o meu prosador predileto. Mas, devo confessar que todas as vezes em que eu lia esse conto, ficava em mim uma sensação amarga, como se um pai não pudesse ensinar coisas boas aos filhos. Na época em que escrevi o romance (2004), ainda não tinha filhos (hoje sou pai de dois meninos gêmeos de dois anos e oito meses), e isso já me incomodava. Hoje, então, nem se fala. Diante disso, procurei dar o ponto de partida em meu romance do mesmo modo. A diferença é que Laércio vai apresentar à Vic o “Amor perfeito”, explica.
O romance é direcionado às pessoas que acreditam nos sentimentos. “Acho que as pessoas devem ler o meu livro, pois todos nós vivemos a buscar um “Amor (que seja) perfeito”. Não há uma restrição explícita. Mas, creio que para a compreensão ser mais precisa, é necessário estar na fase inicial da adolescência”, disse Leandro.
O professor é reconhecido por ter 1400 poemas escritos, muitos contos e crônicas, além de dez peças de teatro. “Assim que for possível, pretendo selecionar alguns escritos de outros gêneros e prepará-los para publicação. Há também um romance que ainda está bem no início. Em breve, teremos novidades”, confessa o escritor.
Leandro é professor concursado do Colégio Estadual Embaixador José Bonifácio, em Pedro do Rio, desde 2006, onde trabalha com turmas de segundo e terceiro anos do noturno, lecionando Língua Portuguesa. Ele ainda é professor e coordenador do Seminário e Educandário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino, desde 2002, onde trabalha com turmas do Ensino Médio, lecionando Língua Portuguesa, Literatura e Redação, e também na Faculdade de Filosofia, onde leciono Língua Portuguesa. No ensino superior, o escritor coordena o curso de Letras da Universidade Católica de Petrópolis, desde 2005 e é redator-chefe da página eletrônica: “Vernaculum - Flor do Lácio”.
O lançamento de “Amor Perfeito” vai ocorrer no dia 23 de novembro de 2011, às 20h, no Salão Nobre da UCP, na Rua Benjamin Constant. O evento é aberto e, durante o encontro, o professor  vai autografar os exemplares vendidos.
O livro custa R$ 28. A pré-venda está sendo feita na Coordenação de Letras da UCP (2244-4032), de segunda a sexta, das 08h às 21h30min. Após o lançamento, estará à venda nas livrarias e pelo site da editora: http://www.kbrdigital.com.br/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário