quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Cavalos abandonados no Cuiabá provocam revolta em muitos petropolitanos

Tribuna de Petrópolis - 09/11/2011

Muitos dos animais estão visivelmente machucados e sem alimentação
A imagem de cavalos abandonados às margens da Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues (Estrada de Teresópolis), próximo ao Km-4,5, em Itaipava, provocou revolta em muitos petropolitanos na última semana. A situação crítica em que eles se encontram não incomodou somente aqueles que lutam pelos direitos dos animais. Os cavalos estão machucados, sem alimentação e desprotegidos da chuva e do sol.
De acordo com moradores da localidade, estes animais já estão no espaço há algum tempo e foram prejudicados pelas chuvas de janeiro, quando a terra resultante das enchentes cobriu a grama que lhes servia de alimento. A equipe de reportagem da Tribuna esteve no local no dia 3 de novembro e encontrou 10 cavalos e algumas vacas. A propriedade estava cercada com arame.
Carlos Eduardo Pereira, que é presidente do Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e ao Meio Ambiente, o Gapa-MA, afirma que os cavalos estão no topo da lista de animais que mais sofrem com situações de abandono e descaso. “Em longo prazo, os animais de grande porte da cidade deveriam ser cadastrados para que os responsáveis por situações como esta possam ser punidos”, destacou ele.
A Secretaria de Meio Ambiente informou que o núcleo de bem-estar animal esteve no local e constatou o estado inadequado das instalações e dos cuidados com os animais. No momento da vistoria, não foi possível localizar o proprietário do terreno, sendo solicitadas providências aos órgãos da prefeitura, visando identificar o dono dos animais e do imóvel.
Um processo administrativo foi instalado para que seja identificado o responsável e aplicada a penalidade e determinado o trato dos animais de forma adequada. Será solicitada a instauração de inquérito policial para apurar os crimes. A secretaria pede ainda que a população denuncie a identidade dos responsáveis através do telefone 2246-8963.

Nenhum comentário:

Postar um comentário