quarta-feira, 13 de julho de 2011

Uma colônia de férias com preocupações ambientais

Tribuna de Petrópolis - 13/07/2011


A Fazenda da Samambaia, construída no século XVIII, é hoje sede do Instituto Samambaia de Ciência Ambiental (Isca), entidade que elabora projetos de meio ambiente. E é nesse espaço que o instituto vai promover a sua terceira colônia de férias para crianças de 3 a 12 anos, entre os dias 18 e 29 de julho, das 13h às 16h30. O objetivo do Isca é proporcionar atividades ligadas á educação ambiental. São oferecidas 30 vagas.
“Com esse frio dos últimos dias, não queremos que as crianças percam as férias ficando só dentro de casa. A colônia tem um tema ambiental e vamos organizar uma gincana e oficinas que vão ensinar a montar brinquedos com material reciclável, como garrafas pet, papel e cartolina”, explicou Amanda Ribas, assistente de coordenação de projetos do Isca. A colônia tem ainda a organização de Rosane Fernandes, coordenadora de projetos.
Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 2242-3478. A fazenda fica na Estrada da Samambaia,138. A conscientização ambiental já é uma prática constante do instituto. Eles recebem escolas para visitas em período integral, de 10h30 às 16h, ou por turno, tanto pela manhã, das 10h às 12h20, quanto à tarde, das 13h30 às 15h30. O cronograma abrange passagem pela fazenda e seu patrimônio histórico, dinâmicas ambientais e atividades temáticas. O lanche e o almoço utilizam cardápio elaborado com produtos orgânicos cultivados na propriedade e região.
A Diocese de Petrópolis também realiza colônias de férias em algumas das suas 43 paróquias. Uma delas é a de São Sebastião do Indaiá. O grupo de jovens da comunidade, o JUAF, realiza a colônia desde 1981 e é uma atividade que já acompanha o grupo desde o início. Nesse ano, o evento acontece entre 25 e 29 de julho, das 13h às 17h. A organização colocou 100 vagas à disposição das crianças carentes do bairro, dos 4 aos 10 anos.
“O grupo completou 30 anos em 2010, sendo 29 deles realizando a colônia. Nosso objetivo é evangelizar as crianças com os ensinamentos cristãos. Queremos trazer também aquelas que não têm o hábito de frequentar a igreja e outras que já acompanham seus pais”, explicou Bruno Larangeira, que coordena o grupo junto com Frederico Molter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário