quinta-feira, 28 de julho de 2011

Retomadas buscas por corpo de empresária

Tribuna de Petrópolis - 28/07/2011


Bárbara desapareceu no dia 29 de março
Serão retomadas hoje as buscas pelo corpo da empresária Bárbara de Oliveira Simões, que está desaparecida desde o dia 29 de março. Neste dia, o pedreiro Vagner Moreira da Silva, de 25 anos, réu confesso, teria assassinado Bárbara e deixado o cadáver na localidade conhecida como Sertão do Calixto, em Paraíba do Sul. Bombeiros e agentes da Polícia Civil saem às 9h30 da 105ªDP em direção à cidade onde o crime foi consumado.
Filho de uma ex-caseira da vítima, Vagner queria o carro, um Hyundai i30, avaliado em R$ 55 mil, e o dinheiro de uma herança que a mulher havia recebido recentemente do avô. Ele foi preso no dia 30 de junho. Na noite do dia 29 de março, Bárbara de Oliveira Simões foi pega em uma emboscada na saída de sua casa, na Rua Martinho José Santana, no Castelo São Manoel. Ela morava sozinha.
Seu desaparecimento só foi comunicado no dia 10 de maio à 105ªDP, pelo atual caseiro. Ele estranhava o fato da patroa estar tanto tempo fora sem dar notícia. Além disso, não havia deixado qualquer quantia para alimentar os animais. De acordo com o delegado Marcello Braga Maia, antes de procurar a Polícia o caseiro entrou em contato com familiares de Bárbara. Estes teriam afirmado que ela viajava com frequência e poderia estar fora da cidade.
“Ele, entretanto, não ficou satisfeito e resolveu nos procurar. Iniciamos as investigações imediatamente e, em menos de uma semana, encontramos o carro da mulher, em poder de Vagner”, contou o delegado. O pedreiro foi preso no dia 30 de junho. Ele estava trabalhando em uma obra em Itaipava e confessou o crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário