terça-feira, 26 de julho de 2011

Catedral fechada para a retirada de 100 mil abelhas

Tribuna de Petrópolis - 26/07/2011


Um apicultor, com o apoio dos Bombeiros, fez a retirada das abelhas
Cem mil abelhas deixaram de habitar a Catedral São Pedro de Alcântara ontem, quando foi iniciado o processo de retirada das mesmas, que já começavam a incomodar os vizinhos e até cantinas de escolas próximas. Elas estavam alocadas em dois buracos, um deles próximo da torre e ambos no lado direito da igreja, na Rua São Pedro de Alcântara, que é a matriz da Diocese de Petrópolis. O dia foi escolhido por ter menos registro de turistas em um dos principais atrativos da cidade, que agora inclui a visita da torre em seu itinerário. A retirada será concluída na manhã de hoje.
A área foi isolada às 6h. Dois andaimes foram montados, um em cada local onde havia uma colmeia, com a presença do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal no apoio. A primeira colmeia, perto da torre, foi retirada às 11h. As abelhas foram colocadas em uma caixa. Alguns turistas reclamaram do fechamento da Catedral. “Perto da torre, retiramos cerca de 50 mil abelhas. O número é grande, pois a colmeia já estava ali há mais de cinco anos e já havia atacado em lanchonetes e até cantinas das escolas próximas. Contamos com o apoio da Fundação de Cultura e Turismo e da própria Catedral, através do padre Jac. O ideal seria, nos dois focos, abrir buracos e retirar tudo, pois ficaram favos de mel e as crias que vão acabar morrendo, mas o prédio é histórico e não podemos mexer”, disse o apicultor João Batista de Carvalho.
As abelhas costumam procurar locais propícios para o seu processo de criação de enxames. João Batista explica que já encontrou estas abelhas, do tipo africanizada, em locais dos mais variados: “Já fiz remoção em lareiras, postes, forro de banheiro, dentro de guarda-roupas e até debaixo da cama”. O apicultor captura estes insetos e costuma levar para dois apiários, ambos na zona rural da cidade, no Brejal e no Bonfim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário