sexta-feira, 15 de julho de 2011

Profissionais que atuam na indústria do casamento reunidos em evento

Tribuna de Petrópolis - 15/07/2011


O Casar na Serra começa hoje, em casa de festas no Quitandinha. O evento será encerrado neste domingo
O Casar na Serra, evento anual que reúne vários profissionais de Petrópolis ligados à indústria do casamento, vai para a sua sexta edição em um novo espaço, o Solar Portugal, no Quitandinha. Criado em 2006, com o objetivo de ajudar os noivos na escolha dos serviços para o dia do matrimônio, o evento era realizado até o ano passado na casa de festas Vila Bella, no Quarteirão Brasileiro. O início da feira é hoje, funcionando das 18h às 22h. No sábado, o local estará aberto das 11h às 22h e no domingo de 11h às 19h. A expectativa é receber quatro mil pessoas nos três dias.
Chegando ao Casar na Serra, os noivos encontram um profissional representando cada item necessário para um evento perfeito. Estarão lá representados: bufê, doces, chocolates, bem-casado, bolos, open bar, decoração, cabelo e maquiagem, lounge, mobiliário, bebidas,  vestidos de noivas e madrinhas, cerimonial, foto e filmagem, sonorização, iluminação e DJ, convites, buquê, forminha para doce, topo de bolo, aluguel de carros, venda de apartamentos e listas de casamento.
"Há profissionais que conseguem fechar até 30 contratos dentro do evento, mas, no geral, ainda não fizemos essa conta. Sabemos que o evento tem um grande impacto, mas não conseguimos contabilizar ainda”, relatou Rosana Pereira, profissional da área de cerimonial e uma das organizadoras do Casar. A realização da feira nesse período é propícia. Os meses de setembro, outubro e novembro estão sendo os mais procurados atualmente.
"A tradição de maio ser o mês das noivas está ficando para trás. Setembro, outubro e novembro são os meses que têm registrado mais procura nos últimos anos. Se fosse há algum tempo, diria que era por chover menos, mas acredito que é por ser um período de meia estação. Muitos clientes também são de fora, cerca de 50% dos que eu tenho atendido estão vindo do Rio de Janeiro. O clima de Petrópolis e o glamour ainda pesam”, relatou Rosana.
A programação ainda prevê para o público degustações, desfile, apresentações musicais e até a preparação de um jantar romântico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário