domingo, 16 de outubro de 2011

Nova pista da BR-040 não sai do papel

Tribuna de Petrópolis - 16/10/2011

A construção da nova pista de subida da serra, que terá um investimento de R$ 830 milhões e foi anunciada em novembro de 2010 pela Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio (Concer), ainda não saiu do papel. A última data para o início das obras havia sido confirmada para o fim de julho, quando a empresa estimava receber a Licença de Instalação do Ibama. Passados três meses, a empresa ainda está à espera da mesma licença, prevista agora para o fim de outubro, a última necessária para que as intervenções se iniciem. A concessionária pretende construir o novo traçado, que inclui um túnel de 5km, até 2013.
Anunciada como benefício para a cidade e preparativo para a Copa do Mundo de 2014, e às Olimpíadas dois anos depois, as obras de duplicação da atual pista de descida e construção de um túnel encurtando a viagem em até 5km geraram dúvidas em empresários e moradores de áreas próximas à estrada. Entre os quilômetros 102 e 82 da atual descida será construída uma pista com traçado moderno e curvas menos sinuosas, em substituição à estrada de subida da serra.
Em 10 de junho, a Concer recebeu do Ibama a Licença Ambiental Prévia e, dez dias depois, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o projeto executivo da nova pista. Desde então, a burocracia emperrou o início das obras. A Licença Prévia estabelece as condicionantes ambientais necessárias à obtenção da Licença de Instalação. Entre as principais novidades do projeto está a mudança da praça de pedágio do Km-104 para o 102 e a sonhada ligação entre o Bingen e o Quitandinha.
O vídeo do projeto, disponibilizado em março na internet, detalha o novo traçado que terminará no Km-82, na altura do Duarte da Silveira. O projeto inicial teve que sofrer mudanças, já que, inicialmente, o túnel desembocava dentro da Reserva Biológica do Tinguá. Outro ponto de discussão é a transformação do trecho da atual subida da serra em estrada-parque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário