quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Curso gratuito para capacitação de mulheres empreendedoras no Rio

Tribuna de Petrópolis - 05/10/2011

As inscrições para um curso de capacitação de mulheres empreendedoras no Rio de Janeiro foram prorrogadas até o dia 16 de outubro. O programa 10.000 Women – Mulheres Empreendedoras é uma iniciativa do banco americano Goldman  Sachs e será realizado pela Fundação Dom Cabral. O curso é uma oportunidade para 100 mulheres empreendedoras e proprietárias de pequenas empresas no Estado do Rio de Janeiro aprenderem mais sobre a gestão de negócios e desenvolverem suas habilidades gerenciais.
O site para se inscrever no curso, que é gratuito, é o www.fdc.org.br/10000women, mas a empreendedora precisa atender antes a alguns requisitos para ser candidata a uma vaga. Entre eles: ter idade mínima de 21 anos, Ensino Médio concluído, ser sócia de um empreendimento em que desempenhe uma função de liderança, que o negócio tenha um ano de funcionamento, no mínimo, e ao menos cinco empregados.
O curso tem início previsto para novembro e deve se estender até maio de 2012. A carga horária é de 160 horas, com aulas três vezes por mês. A capacitação em gestão de negócios trata de conceitos e práticas sobre marketing, finanças, estratégia de negócios, gestão de pessoas e logística e ainda contribui para o desenvolvimento e consolidação do plano de negócios das empresas das mulheres participantes.
O programa 10.000 Women – Mulheres Empreendedoras é parte de uma iniciativa global do banco americano Goldman Sachs. O objetivo é o desenvolvimento do talento empreendedor, da capacidade administrativa e da educação gerencial de 10 mil mulheres em mercados emergentes, as quais não poderiam dispor de recursos para investir na própria capacitação em gestão.
No Brasil, a Fundação Dom Cabral é uma das escolas escolhidas para a realização do programa e está incumbida de formar 800 mulheres até 2013. Duzentas mulheres já foram capacitadas em Belo Horizonte desde 2009. Para mais informações, a fundação disponibiliza dois números de telefones: 4005-9200 (capitais) ou 0800 941 9200 (demais localidades).

Nenhum comentário:

Postar um comentário