sábado, 29 de janeiro de 2011

Lixo, entulho e detritos nas margens do Piabanha

Tribuna de Petrópolis - 29/01/2011

O assoreamento do rio pode ser visto no trecho próximo ao Palácio de Cristal

Na Avenida Piabanha, em frente à antiga Secretaria de Saúde, lixo e entulho são acumulados no leito do rio que nomeia a via. Segundo os comerciantes do local, o trecho costuma ter enchente nas chuvas mais fortes e sofre também com a falta de dragagem. A grande quantidade de sujeira, incluindo garrafas plásticas e até uma placa de trânsito, é trazida pelo rio, também de outros pontos.
Logo depois do cruzamento com a Rua Montecaseros, para quem segue em direção às Duchas, existe uma lixeira, mas ao lado da mesma existe o despejo irregular de detritos. Os comerciantes dizem que o recolhimento na área é diário, o que não deixa que o lixo se acumule.
Atrás de um dos principais pontos turísticos de Petrópolis, o Palácio de Cristal, o assoreamento do rio também chama a atenção, assim como na confluência dos rios Quitandinha e Piabanha, mais à frente. O acúmulo sedimentar de areia, terra e detritos no rio diminui sua profundidade e causa a redução ou obstrução da correnteza.
A assessoria da Prefeitura informa que todo o trabalho de dragagem foi feito naquele trecho ainda no primeiro semestre de 2010. O governo municipal possui um cronograma de dragagens, em todos os rios da cidade, que é realizado durante todo o ano, apesar de muitos afirmarem que este tipo de trabalho deve ser feito apenas no inverno. O serviço de dragagem em Petrópolis é realizado com o apoio da Serla (Superintendência Estadual de Rios e Lagoas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário