terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Dezenas de postos para receber auxílios

Tribuna de Petrópolis - 15/01/2011


A tragédia na Região Serrana nesta semana já é o maior desastre natural em número de mortes no Brasil. Supera as mortes que foram registradas no município de Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, em março de 1967: 436. É também maior que as ocorrências em 1966, 1988 e 2001, anos em que Petrópolis teve muitas vítimas nas chuvas de verão. Desta vez, a população se une para conseguir a maior quantidade de donativos possíveis para as pessoas que foram afetadas, principalmente no Vale do Cuiabá, no distrito de Itaipava.
Dezenas de empresas e órgãos públicos são pontos de arrecadação e recebem também voluntários para amenizar o sofrimento e ajudar aos desabrigados e desalojados. Contas bancárias também foram abertas para arrecadar fundos em prol das vítimas. O Hospital Santa Teresa recebe as doações de sangue no município. 
Todas as 43 paróquias da Diocese de Petrópolis – nas cidades de Petrópolis, Teresópolis, Areal, São José do Vale do Rio Preto, Magé, Guapimirim, Paraíba do Sul (Inconfidência) e Três Rios (Bemposta) – estão recebendo donativos. As igrejas evangélicas também recebem: Comunidade Evangélica Cristo em Nós (Itaipava), Igreja Metodista Central e Igreja We leyana de Benfica. As instituições públicas, militares, de serviços e do governo estão na lista: 26º Batalhão de Polícia Militar (Quitandinha), Águas do Imperador, Câmara Municipal, Centro de Cidadania de Itaipava, Centro de Cultura Raul de Leoni, Conselho Tutelar, Cruz Vermelha (entrada da Mosela), LNCC - Laboratório Nacional de Computação Científica (Quitandinha), Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, Ministério Público Federal, Museu Imperial, Palácio Rio Negro, Parque Municipal de Petrópolis, Rio Previdência, Secretaria Municipal de Trabalho, Ação Social e Cidadania – Setrac, Senai, Sesc Nogueira, Sesc Quitadinha e Sesi.
Instituições de ensino públicas e particulares: Ciep 281 – Gabriela Mistral (Posse), Ciep 472 – Cândido Portinari (Itaipava), FMP/Fase - Faculdade de Medicina de Petrópolis/ Faculdade Arthur Sá Earp Neto, FMP/Fase - Pavilhão de Ensino do Hospital Alcides Carneiro, Universidade Estácio de Sá (Campus Bingen), Uptime Comunicação em Inglês, Sindicato dos Professores de Petrópolis e Região (Sinpro).
Estabelecimentos de lazer e saúde: Academia Acqua Sports, Academia Corpo & Água, Aldeia Shopping, Bikers Lounge, Clínica Veterinária Saúde Animal (Itamarati), Clube 85, Clube Centenário, Espaço Ativo, Estúdio S, Farmácia de Manipulação Officilab, Frozen Spa, Heno’s Choperia, Shopping Bauhaus, Shopping Arcádia Mall, Tamboatá.
Estabelecimentos comerciais e outros pontos: Armada Girl, Honda Hayasa, Land Rover, Câmara dos Dirigentes Lojistas de Petrópolis, Sicomércio, Centro de Moda da Rua Teresa, Kanguru Comunicação, Pólo Petrópolis-Tecnópolis, CEAC – Centro de Estudos sobre o Atual e o Cotidiano, Centro de Defesa de Direitos Humanos de Petrópolis (CDDH), Grupo Assistencial SOS Vida.
A Concer, nas praças de pedágio, pede que as doações sejam entregues nos postos do Serviço de Informação ao Usuário, que funcionam de segunda a segunda, 24 horas por dia. A lista completa dos postos de arrecadação em Petrópolis se encontra no site da Tribuna de Petrópolis – www.e-tribuna.com.br.

Contas bancárias recebem fundos

A Defesa Civil do Rio de Janeiro, o Fundo Estadual de Assistência Social do Estado do Rio de Janeiro, a CNBB e Cáritas Brasileira, o jogador de futebol Dejan Petkovic e a campanha SOS Petrópolis da Prefeitura (Banco do Brasil – Agência: 80-9 Conta Corrente: 76000-5 e Caixa Econômica Federal – Agência: 1651 Código de Operação: 006 Conta Corrente: 90-8) disponibilizam contas para quem estiver interessado em realizar doações por meio de depósito bancário.

Alunos da UCP participam de ação

Os alunos do curso de Direito da Universidade Católica de Petrópolis organizam um mutirão para doação de suprimentos para os desabrigados em Itaipava. A atividade será realizada hoje, de 10h às 12h, em frente ao bar Marowill, na Praça da Liberdade. 
Outro grupo de pessoas vai se reunir hoje também na Praça Visconde de Mauá, a partir das 12h. Carros de particulares e duas vans cedidas pela empresa GE Celma estarão no local.
A maior necessidade dos desabrigados é de artigos de higiene pessoal (papel higiênico, escova de dentes, pasta de dentes, absorventes femininos, fraldas infantis e geriátricas) e também artigos de banho como shampoo, condicionador e toalhas.

Um comentário:

  1. Muito legal ver tantos lugares assim recebendo doações. Aqui no Rio, supermercados, metrô, academias, lojas comuns estão com uma caixa de papelão na entrada recebendo doações. Que Deus abençoe a região serrana e todas as vítimas. Abraços.

    ResponderExcluir