sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Monsenhor Gilson Andrade será ordenado bispo amanhã

Tribuna de Petrópolis - 23/09/2011 - Reportagem de Rogério Tosta

Monsenhor Gilson Andrade em encontro com o Papa Bento XVI neste mês
Amanhã, às 10h, acontece na Catedral São Pedro de Alcântara, em Petrópolis (RJ), a ordenação episcopal de monsenhor Gilson Andrade da Silva, nomeado em julho, bispo auxiliar de São Salvador, Bahia, pelo Papa Bento XVI. Dom Filippo Santoro lembra que esta é a segunda ordenação de um bispo na diocese, desde a sua fundação, em 1948, sendo que a primeira foi Dom Fernandes Veloso, segundo bispo de Petrópolis. “Este é um evento muito importante para a diocese e também para Petrópolis, pois Monsenhor Gilson foi formado em nosso Seminário de Corrêas e desde a sua ordenação trabalha na diocese”.
A celebração de ordenação, com transmissão pela TV Canção Nova, será presidida por Dom Filippo Santoro e os bispos co-ordenantes são Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, arcebispo primaz da Arquidiocese de São Salvador e Dom frei Alano Maria Pena, arcebispo de Niterói. A expectativa é de que mais de duas mil pessoas participem da celebração entre fiéis, bispos, padres e familiares de monsenhor Gilson.
A comissão organizadora da ordenação episcopal lembra que, em função do grande número de pessoas e devido à importância do evento, o trânsito em torno da Catedral sofrerá alterações. Dentro da Catedral, para evitar tumulto, terá pessoas para indicar o lugar e onde o público terá acesso. O objetivo é garantir que quem for a Catedral possa acompanhar toda a ordenação.
Desde que recebeu a notícia de sua nomeação como bispo auxiliar de São Salvador, na Bahia, monsenhor Gilson Andrade participou de um retiro em preparação à sua ordenação episcopal e também de um curso para os novos bispos, que aconteceu no Vaticano. Durante o curso, os novos bispos tiveram a oportunidade de se encontrar com o Papa Bento XVI, no dia 15 de setembro.
Monsenhor Gilson disse que o encontro com o Sumo Pontífice foi rápido, mas de grande proveito, frisando que ele e os demais novos bispos foram estimulados pelo Papa a seguir o exemplo dos apóstolos, “com a santidade da sua vida e caridade episcopal, vocês são chamados a construir a comunidade com os seus dons, os carismas e do testemunho de sua vida à Igreja, na comunhão de Jesus Cristo testemunha ao mundo a acreditar “, disse Bento XVI aos novos bispos, entre eles monsenhor Gilson.

Currículo
Monsenhor Gilson Andrade da Silva nasceu no dia 11 de setembro de 1966, no Rio de Janeiro. Foi ordenado sacerdote no dia 4 de agosto de 1991. Curso de Filosofia: Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino (1985-1987); aluno do Colégio Eclesiástico Internacional Bidasoa (Pamplona-Espanha), fez o curso de bacharelado em Sagrada Teologia na Universidade de Navarra (Espanha) – (1988-1991). Licenza em Sagrada Teologia pela Pontíficia universitá dela Santa Croce (Roma-1997-199).
Vice-reitor do Seminário Nossa Senhora do Amor Divino (Diocese de Petrópolis) de 1991 a 1999 e de 1999 a 2004. Vigário Paroquial da Paróquia Sant’Ana e São Joaquim em Petrópolis, de 1991 a 1994. Professor no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino desde 1991. Professor de Teologia e Filosofia na Universidade Católica de Petrópolis desde 2000.
Desde 2004 – Membro do Conselho Pastoral Diocesano. Desde 2005 – Membro da equipe de Coordenação Diocesano do Plano Pastoral de Conjunto e da Missão Popular. Diretor do Instituto de Teologia, Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Católica de Petrópolis (2004-2005). Reitor do seminário (desde 2004, até 2011). Coordenador da Pastoral da Juventude da Diocese de Petrópolis (desde 2004, até 2011). Membro do Colégio de Consultores (desde 2006, até 2011). Presidente da Associação Mantenedora Faculdades Católicas Petropolitanas (UCP – (desde 2008, até 2011).

Nenhum comentário:

Postar um comentário