segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Frente fria ajuda Corpo de Bombeiros a acabar com focos de incêndio na cidade

Tribuna de Petrópolis - 25/09/2011

Após um dia de muito trabalho em toda a cidade para o Corpo de Bombeiros e homens da Reserva Biológica de Araras (Rebio-Araras), a frente fria que chegou em Petrópolis nesse sábado foi a solução para o fim das queimadas. Ontem, somente alguns focos ainda resistiam na região do Carangola, mas a chuva prevista para cair à noite ajudaria a apagá-los. O último levantamento de área atingida, feito na sexta-feira, apontava para 770 hectares de vegetação destruídos. Novos números serão divulgados nesta segunda.
“A chuva minimizou muito o estrago. O que tínhamos em Araras, Mangalarga e Bonsucesso já acabou. Temos ainda alguns focos no Carangola, que chamamos de pontos quentes por não possuírem labaredas, mas que serão extintos com a entrada dessa frente fria. A previsão aponta para uma precipitação de 11 milímetros entre sábado e domingo. Com o mau tempo, os helicópteros são impedidos de agir na área, mas as equipes estão de prontidão”, relatou Ricardo Ganem Leal, administrador da reserva.
Também nesse sábado, havia um foco de incêndio na Posse, mas o local era de difícil acesso, por ser no topo de um morro. Os bombeiros ficaram monitorando a área, mas não havia propriedades em risco. No Carangola, o terreno da Aalborg Industries foi atingido. Entre os logradouros mais afetados nessa semana também estiveram a Fazenda Inglesa e o Caxambu.
“A situação já está controlada na Estrada das Perobas (Araras), no Mangalarga e nas proximidades do condomínio Quinta do Lago (Carangola). Todos os focos vão sumir com a chuva. A baixa umidade e a ausência de precipitação deixam o ar muito seco e formam uma condição favorável para as queimadas”, informou o tenente-coronel Rafael Simão, comandante do 15ºGBM, que agradeceu o apoio de todas as pessoas que auxiliaram o trabalho dos bombeiros nos últimos dias, inclusive oferecendo água e lanche para os militares que combatiam o fogo. Alguns condomínios também colocaram os funcionários à disposição.
O tenente coronel Simão ainda fez uma recomendação. Ele pede que a população não coloque fogo  em sua propriedades, seja no mato ou no lixo. “Isso se trata de um crime. A 105ªDP, a 106ªDP e a Guarda Municipal estão atentos a tudo o que vem acontecendo. Os responsáveis pelas queimadas podem ser presos. Peço ainda que não queimem o lixo, pois a coleta já é feita pela Comdep, sempre com regularidade”, disse ele. Simão falou que os aceiros ainda ajudam a prevenir acidentes maiores. Aceiro é um trecho de terreno desbastado para evitar que o fogo de queimadas se alastre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário