terça-feira, 6 de setembro de 2011

CPTrans define até sábado nova área para autoescolas

Tribuna de Petrólis - 06/09/2011

Novo local será definido até 10 de setembro
No sábado termina o prazo que a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) tem para encontrar um novo local para exames e treinamentos das autoescolas. A data final é 10 de setembro e segue um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado por representantes da Associação de Moradores do Conjunto do Patrimônio Arquitetônico e Paisagístico do Hotel Quitandinha (Amopaq), pelos proprietários das autoescolas e pela CPTrans, no Ministério Público Estadual. Se a companhia não encontrar um novo espaço, será cobrada multa diária no valor de R$ 5 mil, a partir do dia 12 de setembro.
Até o momento, três centros de formação de condutores já protocolaram sugestões de locais para exame e treinamento. O ato foi feito ainda na administração de Carlos Jorge Ferreira Fogaça na CPTrans. A equipe do secretário de Segurança Pública do município e atual presidente interino do órgão, Hélio Moura Filho, está na busca de uma área que agregue os três tipos de aulas (moto, carros e ônibus) e prometeu resolver a questão na próxima semana.
A autoescola Itaipava sugeriu a Avenida Norma Maria Reiner, em Nogueira, um local que ela e outras autoescolas da região já utilizam para os treinamentos. As outras duas que também enviaram sugestões apontaram  a Avenida dos Pinheiros, no Quarteirão Italiano, mas somente para as motos. Uma norma do Detran é ter um local com 7 metros de largura e 120 metros de extensão para o exame das motos.
“A CPTrans procura um local adequado, mas por causa da topografia da cidade a procura não é tão fácil assim. Devem ser vias de menor movimento e com menos residências por perto. Queremos evitar reclamações posteriores de moradores, como aconteceu no Quitandinha. A Rua Cuba tem um volume reduzido de veículos e não tem ônibus, era o ideal. A nossa exigência é uma área junta para os três tipos de exames: moto, carro e ônibus”, declarou Hélio Moura, acompanhado dos engenheiros de trânsito Márcia Kraus e Valmir Osório dos Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário