quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

CPTrans pode alterar uso das vagas de idosos

Tribuna de Petrópolis - 28/12/2011

O arquiteto Lúcio Mendonça sugere que as vagas de estacionamento destinadas a idosos e deficientes físicos tenham também regulamentação. A ideia surgiu através da sua própria necessidade, já que ele, idoso, não consegue estacionar o seu veículo na Rua do Imperador e nem nas vias próximas quando precisa vir até o Centro. Ele possui certificação da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans), mas mesmo assim tem enfrentado dificuldades.
“Para minimizar o problema e dar oportunidade igualitária aos condutores de estacionar no Centro Histórico, solicitamos eficiência técnica da fiscalização, na permanência e posse do bilhete rotativo. Assim como regulamentar o tempo disponível, de duas horas por exemplo, para os portadores de necessidades especiais e idosos e excluir o privilégio de vaga cativa a quem já detém outros benefícios”, declarou Lúcio Mendonça.
E Lúcio tem o apoio de uma pessoa importante. O presidente da CPTrans, Roberto Naval, acha que essas vagas merecem melhor fiscalização. “É verdade, acho que ele tem razão. Hoje todos têm o cartão que permite estacionar nestas vagas, mas isso vai mudar. A partir da próxima semana, vamos começar a divulgar o recadastramento dos idosos e deficientes físicos na sede da CPTrans. O novo certificado vai ter o número da carteira de habilitação e só vai permitir até duas horas. Os motoristas não podem ficar o dia inteiro na vaga”, informou Naval.
Para o arquiteto Lúcio Mendonça, os petropolitanos precisam dialogar mais para obter as melhorias que a cidade precisa. “Muitos acham ruim certas coisas, mas não reclamam. Tem gente que para e permanece na vaga durante o dia inteiro, os outros idosos ficam sem opções. Para as vagas cativas, deveria haver mais fiscalização para dar rotatividade. Ficamos rodando no Centro para conseguir uma vaga e tem hora que não encontramos. Peço uma igualdade para todos, só isso”, explicou ele.

2 comentários:

  1. Acabo de adquirir este cartão de idoso para estacionamento na cidade e já vinha observando este fato: Automóveis estacionados nestas vagas o dia inteiro!!! Se já são poucas as vagas para quem paga, imaginem como são poucas estas vagas para idosos! Como eu disse, acabo de adquirir este direito, mas apoio a regulamentação de tempo para uso das vagas para idosos também!

    ResponderExcluir
  2. Quero salientar que essas vagas devem seguir uma regra federal, determinar o tempo que o cidadão vai ficar na vaga, é completamente inconstitucional. Para que isso aconteça os rotativos pagos tem que seguir os mesmos moldes.

    ResponderExcluir