quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Em Petrópolis, pedalinhos são garantia de diversão segura para todas as idades

Tribuna de Petrópolis - 15/12/2011

No Parque Cremerie são 13 embarcações, todas operadas por empresa terceirizada. O passeio de 15 minutos sai a R$ 5. Nunca houve qualquer acidente
No último fim de semana, um casal de namorados quase viu o passeio de pedalinho na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, terminar em tragédia. O brinquedo afundou na noite de sábado e o casal foi resgatado por amigos em seguida. O Corpo de Bombeiros da capital interditou os pedalinhos, que são administrados por duas empresas diferentes. Em Petrópolis, os pedalinhos são atrações turísticas tradicionais no Parque Cremerie e no Lago Quitandinha. Em bom estado, não oferecem perigo aparente aos seus usuários.
O Quitandinha, através da empresa que, em parceria, administra os pedalinhos, possui o Certificado de Registro de Embarcação Miúda, emitido pelo Corpo de Bombeiros, que autoriza o funcionamento e a operação das locações dos pedalinhos. As embarcações possuem identificação numérica visual e são mantidas em boas condições de apresentação, manutenção e segurança.
As áreas de uso permitidas para as embarcações, determinadas pelo Grupamento Marítimo, são demarcadas com o auxílio de boias. Um funcionário responde pela segurança dos usuários. Os equipamentos de segurança e salvamento (coletes salva-vidas, boias, cordas e barco a motor), instalados no local de operação, visam à prevenção e ao atendimento em casos de eventuais acidentes. 
O uso dos pedalinhos somente é permitido se forem observadas as recomendações de segurança como uso de coletes, capacidades de lotações máximas e limites mínimos de idade para menor usuário desacompanhado de adultos – 12 anos. Os pedalinhos do Lago Quitandinha funcionam aos sábados, domingos e feriados de 9h às 19h. Quando não estão em uso, ficam cobertos. Atualmente operam até 16 barcos simultaneamente, embora sejam ao todo 20 barcos. Os quatro a mais são para substituir ou repor embarcações que apresentem defeitos.
No Parque Cremerie, a administração dos pedalinhos é terceirizada. Atualmente operam 13 embarcações e é cobrado o preço de R$ 5 por 15 minutos de passeio. O local está aberto de terça a domingo e nos feriados, das 8h às 18h. “Os pedalinhos estão bem conservados. As crianças, acima de 12 anos, só podem andar nos barcos acompanhadas de adultos. Oriento também que coloquem sempre dois seguranças em volta do lago para agirem prontamente em caso de emergência. Aqui nunca aconteceu nada”, destacou Carlos Wilson, o Carlão, administrador do Parque Cremerie.

Nenhum comentário:

Postar um comentário