terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Técnicos flagram ligação clandestina em tubulação

Tribuna de Petrópolis - 20/12/2011

Solicitada para consertar um hidrômetro na Rua Raul de Leoni, uma equipe da Águas do Imperador acabou se surpreendendo com o que encontrou. Num tradicional estabelecimento comercial, foi descoberta uma ligação clandestina de água. Ao fazer a troca do hidrômetro, os funcionários da concessionária perceberam um retorno estranho de água, que apontou para a ligação irregular. Um perito da Polícia Civil esteve no local e constatou o crime. A concessionária multará o hoteleiro.
De acordo com a Águas do Imperador, comparando com outros estabelecimentos do mesmo ramo, o valor pago pelo hotel era incompatível com o que deveria ser o consumo normal. Um dos técnicos disse que não é normal encontrar ligações desse tipo no Centro Histórico. “O gato nunca é legal. Uma ligação clandestina põe em risco as pessoas e pode contaminar a rede se não for vedada corretamente”, explicou Deca D’Ângelo, assessora de comunicação da empresa.
O estabelecimento tem fonte própria, também hidrometrada, mas que não tem sido utilizada. Será aplicada uma multa de R$ 880 pela concessionária e mais uma taxa referente a pendências antigas. Procurado pela reportagem, o proprietário do estabelecimento disse que não foi ele o responsável pela ligação irregular. “A antiga Caempe que é a responsável. Isso vem de antes e não é um problema de agora. Eles fizeram ligações ao longo dos anos e disseram ter descoberto um gato. Não fui quem fiz”, declarou o empresário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário