sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Festival Gastronômico do Valparaíso no fim

Tribuna de Petrópolis - 02/12/2011

O empresário Bernardo Filho comemora os resultados da primeira edição
Termina neste fim de semana o I Festival do Centro Gastronômico do Valparaíso e o clima é de festa entre os empresários que promovem o evento. Participaram desta primeira edição os restaurantes Armazém 646, Enoteca Santo Vinho - Vinho Santo, Kinpai, Olivinho, Sushi Petro e Bendita Garrafa. A avaliação positiva conta com 18 reportagens e notas publicadas em jornais impressos de Petrópolis e do Rio de Janeiro e inserções comercias na TV local. Para Bernardo Filho, um dos empresários organizadores, foi a veiculação na mídia que deu vida ao festival.
Todos estão satisfeitos com o resultado do festival e agradecemos muito ao apoio da imprensa nessa primeira edição. Mas, antes do evento acontecer, o apoio maior veio da cervejaria Cidade Imperial e, assim, também agradeço pessoalmente ao diretores da empresa por todo o auxílio. A cervejaria foi a primeira a apostar no festival. E assim chegamos ao último fim de semana, com alguns restaurantes vendendo mais de 100 pratos só do festival”, destacou Bernardo Filho, da Enoteca Santo Vinho -Vinho Santo.
Para Bernardo, muita gente que não sabia da existência do centro gastronômico e não era cliente dos restaurantes da Rua Gonçalves Dias teve a oportunidade de conhecê-los nesse mês. “O movimento aumentou em 30%. Foi sensacional mesmo e superou todas as expectativas. Este sucesso foi um somatório de todas as forças que atuaram juntas no evento. Agora é comemorar, mas também planejar o II Festival, que já será maior que esse”, analisou ele.
O próximo Festival do Centro Gastronômico do Valparaíso será em setembro de 2012 e, além dos seis restaurantes desse ano, contará também com estabelecimentos do Centro Histórico. Outra novidade será a realização do 1º Concurso Chef Júnior, para crianças de 9 a 13 anos. O intuito é motivar as crianças a conhecerem a culinária. As inscrições começam em março e as eliminatórias serão em abril. A organização já conversa com patrocinadores para colocar um bom prêmio à disposição dos concorrentes.
“Vamos convidar ainda grandes chefs do país não para oficinas, mas para palestras e seminários que promovam uma troca de ideias e experiências com os profissionais de Petrópolis. Somando a isso, teremos a visita de enólogos, curso básico de vinhos e degustação. O curso, que hoje tem o valor de R$ 240, será gratuito. Se a pessoa tiver interesse em continuar nas outras fases aí terá que pagar. A programação do festival ainda vai crescer, essa é a tendência, e reflete o bom evento que tivemos nesse ano”, Comentou Bernardo Filho.
Cada restaurante apresenta uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, que integram o cardápio da festival. Na enoteca, o prato principal é o risoto de camarão. E risoto também é o destaque do Bendita Garrafa, só que de abóbora com carne seca. O Sushi Petro serve um combinado de sushis, sashimis e makimonos e o Kinpai, não fugindo da cozinha oriental, oferece salmão grelhado ao molho de maracujá. O Olivinho apresenta um spaghetti tre fungi e o Armazém 646  tem picanha ao Armazém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário