sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Mudanças no itinerário dos ônibus para desafogar o trânsito desagradam

Tribuna de Petrópolis - 16/12/2011

A manicure Tereza lamenta que a mudança não inclua mais pontos de parada
Algumas mudanças que a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) faz pela cidade têm gerado insatisfação em motoristas e usuários do transporte coletivo. Uma destas acontece com o itinerário dos ônibus que atendem bairros e distritos, via Barão do Rio Branco, e que passam agora pela Rua da Imperatriz. A medida tem o objetivo de diminuir a quantidade de veículos trafegando pela Floriano Peixoto e Alberto Torres. No entanto, a reclamação dos passageiros é de que os ônibus poderiam fazer uma parada em frente ao Museu Imperial antes de seguir viagem, o que não acontece agora.
“Se tivesse outro local aqui no Centro para a parada do ônibus seria melhor. Às vezes perco o ônibus no ponto da antiga Caixa Econômica e fico muito tempo esperando outro. Com um ponto ali no Museu Imperial, teria a opção de pegá-lo ainda”, explicou a manicure Tereza Carminate. A reclamação é estendida aos usuários da linha 507 – João de Deus. Os moradores desta localidade no Quarteirão Brasileiro acham necessário ter um ponto na Rua da Imperatriz.
O problema da diminuição dos pontos no Centro da cidade não é uma exclusividade daqueles que utilizam as linhas da Viação Cascatinha. Para quem é atendido pelas linhas da empresa Petro Ita, só existe o ponto em frente ao prédio do Cefet, além da parada final na Paulo Barbosa e no Terminal do Centro. Os usuários sentem falta de um local no trajeto de ida para os bairros, na Rua do Imperador tendo somente como opção o Relógio das Flores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário