terça-feira, 10 de maio de 2011

Ordem na região próxima da Câmara

Tribuna de Petrópolis - 10/05/2011


Consumo de bebidas alcoólicas por adolescentes e confusão nas áreas de estacionamento são comuns na região

A Praça Visconde de Mauá e toda a área adjacente podem em breve receber um choque de ordem. A solicitação foi feita pelo vereador Wagner Silva (PPS), através de uma indicação ao Executivo aprovada na última semana pela Câmara Municipal. O objetivo do pedido é conseguir uma ação permanente para o local, que tem sido alvo de reclamações constantes de moradores e usuários. Conhecido popularmente como Praça da Águia, o espaço ainda fica em frente à entrada principal do ponto turístico mais visitado de Petrópolis, o Museu Imperial.
Além dos frequentadores dos prédios públicos da vizinhança da praça – Câmara Municipal, Centro de Cultura Raul de Leoni, Centro de Capacitação em Educação Frei Memória e Liceu Municipal –, os moradores dos apartamentos são os que mais sofrem com os distúrbios. Muitos jovens costumam se reunir e consumir bebidas alcoólicas no gramado da praça e nas escadarias da Câmara e do Centro de Cultura. O estacionamento nas ruas Irmãos D’Ângelo e Oscar Weinschenk também é questionado. 
“Essas ações devem se tornar mais frequentes, haja visto o que todos os funcionários da Câmara Municipal e pedestres presenciam em frente ao Palácio Amarelo. São situações desagradáveis envolvendo jovens de nossa cidade, com consumo livre de bebidas. A verba liberada para a implementação do GGI-M foi de R$ 894.568,00, por isso entendemos que o trabalho deve ser intensificado, a começar pelo resguardo da sede do Legislativo Municipal”, esclareceu Wagner Silva. 
Primeiro secretário da Câmara, Wagner salientou que a Portaria 1.190 estabeleceu a criação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGI-M com o objetivo de realizar ações pontuais para reforçar a segurança pública, como o reaparelhamento da Guarda Municipal e a criação da Guarda Comunitária, as ações em conjunto com a Polícia Militar e Civil e a inclusão de Petrópolis no Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania).
Foram destacadas também as ações ocorridas na região do Itamarati e Cascatinha, com o objetivo de coibir o consumo de bebidas alcoólicas por menores, tráfico de drogas e excesso de barulho. Wagner Silva encaminhou ofícios ontem para o Juizado da Infância e Adolescência, Secretaria de Segurança Pública, GM, Polícia Militar e Civil. “O encaminhamento dos pedidos visa a fiscalização de toda a área. Não sou contra a permanência dos jovens, mas certas posturas deles”, disse Wagner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário