sábado, 7 de maio de 2011

Mais de seis horas à espera de atendimento no HAC

Tribuna de Petrópolis - 07/05/2011

Mais de seis horas esperando por atendimento na emergência do Hospital Alcides Carneiro. Esse foi o tempo gasto por várias pessoas ontem na ala masculina do Alcides Carneiro, entre 11h e 17h30. Manoel Celestino da Cunha sofreu uma contusão na cabeça e necessitava de  acompanhamento médico. Já Rodrigo Corrêa da Silva teve lesões corporais após uma agressão e precisava apresentar um atestado médico na delegacia, para anexar ao boletim de ocorrência.
Após a triagem, os pacientes são encaminhados para as salas específicas: masculina, feminina ou pediátrica. Muitas pessoas se encontravam na fila do atendimento para os homens, que, segundo relatos, não contava com profissionais ontem. “Tem até gente aqui com sintomas de dengue”, disse Rodrigo.
Segundo a Secretaria de Saúde, a emergência do Hospital Alcides Carneiro funcionou nessa sexta-feira com a equipe completa.

Um comentário:

  1. O hospital fechou...falta de pagamento pela prefeitura aos medicos... Prefeito do PT

    ResponderExcluir