sexta-feira, 6 de maio de 2011

Dia a dia na Câmara: vereadores já fizeram 573 indicações desde janeiro

Tribuna de Petrópolis - 06/05/2011 

Vereador indica ao Executivo Municipal a construção de um muro de contenção; que construa uma ponte; a melhoria da iluminação pública; a necessidade de reparos em rua e capina. Estes são alguns dos exemplos de indicações feitas pelos vereadores nesta legislatura. Desde janeiro, já foram feitas 573, sendo 44 delas legislativas. O campeão de solicitações é Marcelo Motorista (PDT), com 205, que está em seu primeiro mandato na Câmara Municipal.
“Eu sou um vereador de rua, não sou de ficar no gabinete. Vou mais nas comunidades e gosto de conversar com os moradores. Nas conversas, vejo as necessidades de todos e dentro das possibilidades encaminho os pedidos ao governo. O vereador não pode mandar ou executar obras e muita gente não entende isso. Sendo assim, procuro explicar ao povo a nossa real função na Câmara”, explicou Marcelo.
Depois dele vem Gil Magno (sem partido), com 103 indicações. Wagner Silva (PPS) ocupa a terceira colocação, com 72. Silmar Fortes (PMDB), que entrou no Legislativo neste ano, no lugar de Bernardo Rossi (PMDB), eleito deputado estadual, tem 50. Thiago Damaceno (PV), 18;  Samir Yarak (PSC) soma 14; Dudu (PSDC) e Márcio Muniz (PSC) têm 12; Baninho (sem partido), 10; João Tobias (PPS), Jorginho do Banerj (PSC) e Vadinho (PSB), 9 cada um; Renato Thomé (PSDC) com 4 e Márcio Arruda (PMDB) com 2 completam a lista. Paulo Igor (PMDB), como presidente da Câmara, não pode fazer indicações.
“O vereador é o porta voz do povo. O prefeito não tem como saber o problema de todos. A indicação, quando bem feita, é uma forma de ajudar a governar o município. Cabe ao Executivo ver aquilo que cabe ou não dentro do orçamento”, completou Marcelo Motorista. Ele explicou ainda o que é uma indicação legislativa. “Ela é feita quando o vereador envia ao prefeito uma sugestão para que seja elaborado um projeto de lei de alguma matéria do Executivo, como o IPTU, sobre a qual não podemos legislar”, finalizou ele.
Por outro lado, o vereador João Tobias diz que cada vereador tem uma maneira de trabalhar e a produção de muitas indicações nunca foi de seu feitio. “Não adianta eu pedir a capina de várias ruas de um mesmo bairro. Acho melhor pedir à Comdep que uma equipe esteja no local e faça este serviço em um determinado tempo. Precisamos dar satisfação ao povo que nos elegeu, por isso não acho válido pedir um monte de coisas”, disse João Tobias.
Tobias está no seu terceiro mandato e lembra que às vezes é melhor insistir em certos pedidos que possam satisfazer melhor o povo. “Desde o meu primeiro mandato, em 1996, venho pedindo uma atenção especial para a saúde do Quitandinha. Agora, vamos ter a UBS – Unidade Básica de Saúde – naquela região. Durante todo esse tempo insisti na matéria. Inclusive solicite que a UPA fosse instalada lá, pois existe uma população numerosa e carente no Quitandinha e adjacências”, declarou o vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário