terça-feira, 12 de abril de 2011

Estacionamento irregular e falta de planejamento complicam o trânsito

Tribuna de Petrópolis - 12/04/2011


Na área próxima ao comércio, confusão: falta de planejamento faz com que moradores e empresários protestem

O trânsito de Petrópolis tem problemas em diferentes pontos. Em muitos locais, o estacionamento irregular é a causa mais apontada – por motoristas, pedestres, comerciantes e moradores – para os transtornos. Na Rua Paulo Hervê, no Bingen, além do estacionamento, o planejamento de tráfego feito para a área pode estar errado. De acordo com comerciantes, a presença de um agente da CPTrans poderia resolver os problemas.
“Seria muito bom que a CPTrans estivesse presente aqui com um agente. Se alguém puder monitorar a via, os problemas vão diminuir”, afirmou  André Ricardo Esteves, sócio de uma loja de ferragens da localidade. Ele ainda citou que a presença de um agente forçaria ao cumprimento das normas. “Existe uma placa dizendo que é obrigatório o uso do pisca alerta e o máximo de 20 minutos de estacionamento. Ninguém respeita”, completou.
André disse que há cerca de nove meses foi feito um estudo para avaliar quais moradores e funcionários dos estabelecimentos da região possuíam automóveis. A pesquisa chegou ao número de 68 veículos e constatou ainda que não havia local disponível para todos nas imediações da área conhecida como Dezessete.
Um outro ponto que é motivo de protesto dos moradores é o novo local de estacionamento. Os carros agora ficam na margem esquerda das ruas Bingen e Paulo Hervê, junto ao rio, no sentido da rodoviária. Dessa forma, a ponte que fica em frente à garagem de uma empresa de ônibus pode ser local de um acidente em breve, pois o novo estacionamento atrapalha a visão de quem cruza a via. “Depois da criação da rodoviária, aumentou muito o fluxo de automóveis por aqui”, finalizou André Esteves. 
A CPTrans informou que tomará as medidas necessárias para atender as reivindicações dos moradores e comerciantes do bairro Bingen, com a melhoria do efetivo no bairro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário