sábado, 9 de abril de 2011

Bairro da Glória à espera de obra

Tribuna de Petrópolis - 09/04/2011

A área, conhecida como Rua da Pedreira, teve apenas um trecho calçado. Muitas reclamações
O crescimento da cidade fez com que algumas áreas do município ficassem com aspecto de abandono ou pareçam estar esquecidas. É o que acontece na Rua Manoel Alves, no Bairro da Glória. Também conhecido como Rua da Pedreira, o logradouro teve parte da via calçada há alguns anos, mas o restante não recebeu as obras prometidas. O material foi até enviado, para que fosse feito um mutirão, mas nada foi feito. Agora, moradores esperam por uma solução, já que receberam até o encanamento de esgoto da Águas do Imperador, mas a ligação da rede só pode ser realizada quando a rua estiver calçada.
“Meu vizinho faleceu e tiveram que levar o corpo de maca até a entrada da rua, pois o carro não sobe até aqui. Quando chove, desce muita água, que acaba arrebentando o trecho já calçado. E ainda temos que usar fossa, enquanto não ligam a tubulação”, disse a moradora Lucineide Gomes da Silva, listando os problemas que ela e outras pessoas enfrentam todos os dias.
De acordo com os moradores, uma caminhonete seria utilizada para o transporte do material. A manutenção do veículo seria custeada pela Prefeitura, mas o proprietário do carro não realizou o serviço. O restante do material, enviado há sete meses, se encontra em uma casa do bairro. Se o mutirão tivesse se iniciado quando combinado, novas remessas de materiais seriam mandadas toda semana pela Prefeitura.
“O orelhão mais perto fica a 500 metros, o que dificulta a emergência aqui em caso de algum acidente. Quando chove forte, a rua vira lama pura”, declarou Rodrigo Acácio Aguiar. “Temos um menino com câncer aqui em casa, de 22 anos, e o estado da rua não deixa ele se locomover. Estamos abandonados”, completou Arcanjo Lopes de Carvalho. Segundo informações passadas por estes moradores, a obra da rua já é dada como concluída na Prefeitura.
A Secretaria de Obras esclareceu que em reunião com os moradores ficou acordado que as obras seriam feitas em esquema de mutirão e a secretaria enviaria apenas o material para a realização do serviço. Ainda de acordo com a secretaria, o material já está disponível para a realização do serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário