quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Polícia Rodoviária Federal intensifica fiscalização no Rio

Tribuna de Petrópolis - 11/12/2010

Na operação, os policiais rodoviários identificavam os veículos e faziam buscas à procura de drogas / Bruno Avellar
A Polícia Rodoviária Federal realizou ontem, no posto do Belvedere, uma operação que faz parte das ações de segurança desenvolvidas no estado após a onda de violência no Rio de Janeiro. A operação começou às 17h, com previsão de encerramento à meia-noite deste sábado. O objetivo era a identificação veicular e apreensão de drogas.
Na identificação veicular, a PRF verifica o chassi e o número de motor, para descobrir se algum carro era roubado. Enquanto a equipe de reportagem da Tribuna esteve no local, nenhuma droga foi apreendida. Estiveram presentes na operação 15 agentes dos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.
Nesta semana, a Polícia Rodoviária Federal organizou um curso de reciclagem na sede da Superintendência Regional, que fica na entrada da Via Dutra, aproveitando o efetivo do Mato Grosso que estava no estado para o combate ao crime e comércio de drogas nas estradas. Pela proximidade do estado com a Bolívia, os policiais do Mato Grosso têm experiência no combate ao narcotráfico. O curso vai até a próxima semana.
Nas primeiras ações da operação, um carro só pôde seguir viagem quando removeu o insufilme dos vidros laterais. Segundo o inspetor Molter, no Rio a Polícia tem mais tolerância com o uso de películas pela segurança da população, mas o insufilme acaba dificultando a visibilidade. Um ônibus da Única, linha Petrópolis x Caxias, também foi parado e revistado pelos policiais.
“O cidadão de bem que vê a operação percebe que a gente está trabalhando. Quem não deve nada deve abaixar o vidro e acender a luz interna para mostrar que uma família está ali dentro. O marginal tem insegurança quando vê a ação. O importante não é o número de apreensões, e sim o combate”, disse o inspetor.
O curso de reciclagem teve dois dias de teoria nesta semana e outros três onde os agentes foram para a pista. Entre as cidades que os policias fazem a operação estão Campos, Resende, Parati e Três Rios.
“Com a confusão no Rio de Janeiro, foi intensificado o combate, evitando a fuga de traficantes para o interior do estado. Agora passamos pelo curso para continuar dando segurança à população”, concluiu Molter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário