quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Papai Noel: ele encanta as crianças e incentiva adultos a buscar presentes

Tribuna de Petrópolis - 07/12/2010

Ademir dos Santos: o Papai Noel do Shopping Bauhaus encanta as crianças
A figura do Papai Noel, uma das mais tradicionais manifestações natalinas ainda hoje encanta as crianças, que não se cansam de lhe fazer inúmeros pedidos. Petrópolis tem os seus bons velhinhos e um deles é Ademir Flávio dos Santos, que há 18 anos vê na figura de Papai Noel uma forma de renda extra nesta época do ano. Em seu sexto ano de atuação no Shopping Bauhaus, ele exerce a função com alegria.
Ademir é aposentado e, aos 63 anos, já tem um bom tempo de trabalho realizado com crianças. Ele é um dos Doadores da Alegria, um grupo de palhaços que faz visitas a hospitais na área de pediatria. Na noite do dia 24 de dezembro, ele costuma ser contratado para fazer a entrega de presentes em várias casas. A família ainda acompanha e ajuda Ademir em seu serviço.
“As crianças gostam muito do Papai Noel. Elas fazem muitos pedidos e entregam cartas”, disse ele, mostrando uma caixa com várias cartas já recebidas.
No último dia 27 de novembro, o bom velhinho chegou ao local onde uma casa foi especialmente montada, com o apoio da Prefeitura. O Papai Noel partiu das proximidades do Museu Imperial e fez voltas pelo centro da cidade até chegar ao seu destino. A casa fica montada até o fim do ano.
“Com o Papai Noel, aumentou o público do shopping, com mais mulheres e crianças. Tem uma maior concentração de pessoas e estamos atingindo os nossos objetivos. Observando o que foi feito em 2010, vamos fazer melhorias no próximo ano, que será ainda melhor”, disse Cristiane Araújo, da administração do Bauhaus.
Mesmo com toda a tarde de trabalho, de 14 às 18 horas, Ademir fica feliz por poder trabalhar e ainda ter prazer naquilo que faz. As crianças ainda se encantam com a figura do bom velhinho, como Lucas Hibner, de 1 ano e 8 meses, que ficou admirado com o Papai Noel, mesmo que ainda não fale. Além do carinho das crianças, ele recebe muitos elogios das mães.
“Eu amo crianças. Tem que ter amor pelo que se faz. A gente tem que fazer aquilo que gosta. Se não tiver amor, carisma e atenção nem adianta ser Papai Noel. Foi um dom que Deus me deu”, concluiu Ademir dos Santos.
O Papai Noel é inspirado na figura de São Nicolau, que teve a sua comemoração no dia de ontem. O santo foi bispo na Turquia, no século IV, e ajudava as pessoas anonimamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário