quarta-feira, 1 de junho de 2011

Manifesto público do Sindicato dos Médicos de Petrópolis

Sindicato dos Médicos de Petrópolis -  31/05/2011
 
Alerta a população


O atendimento médico de Petrópolis está em crise devido ao não cumprimento das promessas do Sr. Prefeito, Paulo Mustrangi, que dizia que seria o prefeito da Saúde. Hoje os médicos recebem R$1.026,00 após seis anos de estudo integral em faculdade e mais dois anos de continuação do estudo em residência médica. O Prefeito diz que não tem dinheiro para aumento, mas gasta em propaganda.

Não temos psiquiatras, pediatras, reumatologistas, dermatologistas, geriatras, endocrinologistas, neurologistas, nem teremos, pois o Prefeito não gosta dos médicos de Família, nem cumpre promessas. A Secretária de Saúde é da área de moda (modelista). Não existe incentivo aos médicos de família, nem ao atendimento básico de saúde. Não existem vacinas para crianças pobres, como para catapora, hepatite, HPV, etc.

Exames complementares são dificultados, cirurgias tem filas gigantescas de espera. Mais de 300 em urologia (muitos são cânceres). Ortopedia, idem. Internações necessitam de ajuda de vereadores. Caos total.

O Sindicato dos Médicos fará panfletagem na Rua do Imperador (CENIP), e abaixo assinado pedindo a intervenção do Ministério Público no dia 11 de junho a partir das 14 horas, compareça e assine. Vamos participar. Petrópolis merece, apesar dos políticos que nos governam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário