segunda-feira, 27 de junho de 2011

Música e chope hoje e amanhã na Bauernfest

Tribuna de Petrópolis - 25/06/2011

O movimento de turistas e visitantes é grande nesta Bauernfest
O fim de semana promete ser de muita animação na Bauernfest. Dentro do Palácio de Cristal, uma exposição comemorando os 150 anos da Estrada União e Indústria, atividades infantis e apresentações do Coral Municipal e do Bauern Jazz Trio são destaques neste sábado. Além dos grupos locais, o Grupo Folclórico Teutônia (SC) e Grupos Folclóricos de Estrela (RS) estarão no Palco Koblenz. Um dos atrativos mais tradicionais, o Concurso de Tomadores de Chope em metro, acontece no Salão Bohemia.
A Associação dos Grupos Folclóricos Alemães de Petrópolis (AGFAP) reúne nove grupos: Bauerngruppe Danças Folclóricas Alemãs, Mosel Volkstänze, Petrópolis Danças Folclóricas, Kaiserstadt Kulturkreis, Koblenz Volkstanzgruppe, Blumenberg Volkstanz, Grupo Folclórico Germânico Bergstadt, Rheinland Pfalz Danças Folclóricas e Trier Volkstanzgruppe.
A tradição dos primeiros colonos foi mantida oralmente por mais de um século até que o historiador descendente de alemães Gustavo Ernesto Bauer, também especialista em genealogia, passou a estudar o tema e foi um dos fundadores do Clube 29 de Junho, em 1959. O clube, inspirado em uma entidade gaúcha, foi criado com o objetivo de reverenciar a memória daqueles que são os responsáveis pela existência de milhares de descendentes dos colonos.
Com a criação do Festival Germânico, pelo Clube 29 de Junho, e o posterior apoio da Prefeitura Municipal, em 1989, a festa ficou conhecida como Bauernfest em homenagem ao próprio Gustavo Ernesto Bauer. A indicação foi feita por Liane Bauer Diehl, neta de Gustavo, à Petrotur, antigo orgão responsável pelo turismo da cidade. Liane é filha de Vera Bauer, que guarda com carinho as lembranças do trabalho realizado pelo pai.
gEssa festa tem forte ligação com a família. Em 1980, minha filha Liane criou o primeiro grupo de dança, que ensaiava na garagem da minha casa. Depois ela criou um outro grupo. Eu ainda hoje participo do Desfile da Bauernfest e empresto roupas para outras pessoas também”, declarou Vera Bauer.
Grande parte do acervo, detalhado com datas e muitas fotos, está conservado com a professora Maristela Manso em sua casa. Maristela foi também a primeira voluntária a dançarina da Bauernfest. Mas nem só de veteranos é movida a celebração germânica. Há grupo de dança que ainda está começando na festa e, formado por crianças e jovens, se renova para participar de mais uma edição. É o caso do Blumenberg Volkstanz.
Completamos dez anos em 2011 e contamos com 60 integrantes de 5 a 50 anos, divididos nas faixas infantil, juvenil, adulto e master. Nesse ano, faremos 15 apresentações na Bauernfest, mas no restante do ano também participamos de eventos em outras cidades. Quem se apresenta hoje estará mostrando o resultado de um ano inteiro de trabalho”, afirmou Vanderlea Azevedo, representante do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário