segunda-feira, 13 de junho de 2011

Congresso Brasileiro de Medicina do Esporte

Tribuna de Petrópolis - 13/06/2011

Petrópolis recebe na próxima semana o 23º Congresso Brasileiro de Medicina do Exercício e do Esporte (CBMEE). O evento acontece entre os dias 15 e 18 de junho, juntamente com o 5º Congresso da Sociedade de Medicina do Esporte do Rio de Janeiro. O encontro é voltado para os profissionais da medicina, educação física e fisioterapia e tem a finalidade de associar conceitos e aprendizagens, além de proporcionar a troca de informações entre os participantes. Serão mais de 800 pessoas reunidas no Hotel Quitandinha, sendo 150 palestrantes nacionais e outros quatro estrangeiros.
“Eu fiz questão de trazer o congresso para Petrópolis para mostrar a todos que nossa cidade é muito bonita e oferece qualidade de vida. O município concorreu com Belo Horizonte e Porto Alegre, em agosto de 2010, e venceu. Espero que o evento médico possa trazer coisas boas para a cidade. Haverá também um impacto econômico, pois a maioria dos congressistas ficará na cidade. Os hotéis estarão cheios”, declarou o médico José Kawazoe Lazzoli, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, organizadora do congresso.
O congresso vai trazer nomes de peso da medicina e do esporte. Estarão presentes Marcus Vinícius Freire, superintendente executivo de esportes do Comitê Olímpico Brasileiro e ex-jogador de vôlei; Agberto Guimarães, membro do Comitê Organizador das Olimpíadas de 2016; Ruy Cézar de Miranda Reis, secretário especial para a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 da cidade do Rio de Janeiro; e Eduardo Henrique de Rose, médico especialista em antidoping.
O doutor Kawazoe lembra que o evento é destinado a um público restrito, mas a tarde do primeiro dia será aberta ao público. Haverá um debate que vai abordar a questão da preservação da saúde e o desempenho do atleta de alto rendimento. Participarão da conversa Cyro Delgado, nadador medalhista de bronze nas Olimpíadas de Moscou - 1980; Luiz Felipe Azevedo, cavaleiro medalha de bronze em Atlanta – 1996 e Sydney - 2000; Robson Caetano da Silva, medalha de bronze em Seul - 1988 e Atlanta – 1996; e Sandra Soldan, médica e bicampeã sul-americana de triatlo em 1997 e 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário