sexta-feira, 10 de junho de 2011

Comoção marca enterro

Tribuna de Petrópolis - 10/06/2011

O enterro de Aroldo Rodrigues da Silva foi realizado na tarde de ontem
O enterro de Aroldo, ontem, no Cemitério Municipal, foi marcado pela comoção de parentes, amigos, funcionários e alunos da escola onde ele trabalhava, o Rui Barbosa. O velório, na capela B da Funerária Oswaldo Cruz estava lotado. A forma como ocorreu a morte de Aroldo, que tinha três filhos, era o principal lamento dos presentes ao velório. O professor Jelcy Corrêa, que já foi diretor do Rui Barbosa e é ex-secretário de Educação do município, comentou sobre a morte do inspetor.
“Ele era muito querido pelos alunos e funcionários da escola. Cumpridor de suas obrigações. Ficamos chocados com a tragédia, principalmente pela forma violenta que as coisas aconteceram. A gente não acredita que Petrópolis passa por isso. Acreditávamos que a cidade era imune a esse tipo de situação”, disse o professor Jelcy Corrêa, que hoje ocupa um cargo administrativo da Diretoria Regional Serrana I, da Secretaria de Estado de Educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário