terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Exemplos de solidariedade ainda se multiplicam em todo o Brasil

Tribuna de Petrópolis - 01/02/2011

As vítimas da tragédia provocada pelas chuvas há duas semanas podem ter perdido tudo, mas atos de solidariedade ainda se multiplicam em todo o estado do Rio de Janeiro. A própria capital fluminense possui vários pontos de coletas de donativos, entre órgãos públicos e entidades civis. Inúmeras campanhas envolvendo agremiações esportivas e artistas ajudaram a arrecadar toneladas de alimentos e utensílios como material de higiene e roupas íntimas, que estão entre os artigos de maior necessidade neste momento.
Para quem continua envolvido na ajuda das famílias que foram atingidas pelo desastre sabe que a ajuda é necessária por mais algum tempo, até que as famílias possam sair dos abrigos e receberem novas moradias ou outros locais que possam ainda dar a possibilidade de um recomeço. Uma das campanhas que mais ajuda a Região Serrana é a “Carga Solidária”, promovida pelos empresários do setor de transporte rodoviário.
A união de empresários do transporte rodoviário de cargas fez surgir a campanha, que é uma parceria entre a Federação do Transporte Rodoviário de Cargas do Estado do Rio de Janeiro (FETRANSCARGA), a Comissão de Jovens Empresários do Transporte de Cargas (COMJOVEM) e o núcleo regional (COMJOVEM RJ), onde foi possível promover a ajuda às vitimas das chuvas em todo o estado.
O Sindicarga (Sindicato das Empresas do Transporte Rodoviário de Cargas e Logística do Rio de Janeiro) coordena as ações através do seu presidente Francesco Cupello. O sindicato tem cerca de 330 associados, destes 120 disponibilizaram seus veículos para a campanha. Até a última quinta-feira, 15 funcionários do sindicato estiveram participando ativamente da campanha. Para os responsáveis pelo agendamento das solicitações e plantões nos principais postos de coleta para auxiliar o transporte foi preciso fazer escala de até 24 horas.
“As empresas do transporte rodoviário disponibilizaram em torno de 500 caminhões até o momento. O auxílio emergencial vai durar por tempo indeterminado, ou seja, enquanto for possível, pois as empresas acabam sacrificando seu próprio negócio no intuito de cooperar. Mas até fevereiro já está garantido”, disse Francesco.
Não é a primeira vez que o Sindicarga faz ações desse tipo. O sindicato já esteve envolvido em outras ações solidárias como a entrega de brinquedos para as crianças do Complexo do Alemão em 2010. Porém, a campanha “Carga Solidária” é a maior com que já trabalharam. “As empresas prontamente atenderam as solicitações, disponibilizaram seus caminhões, ajudantes e motoristas, além de deslocar seu próprio pessoal para ajudar na coordenação das ações nos postos de coletas e também nos locais das entregas dos donativos. O Sindicarga sempre estará com uma frota pronta para atender a sociedade, o governo do estado e a prefeitura quando for preciso”, finalizou Francesco Cupello.
Quem deseja solicitar ajuda da campanha “Carga Solidária” deve procurar o sindicato através do telefone e agendar a solicitação com Marcelo (21 7841-9975 ou 21 3194-5555). Para as empresas que quiserem ajudar é preciso entrar em contato com o sindicato para disponibilizar os veículos que são encaminhados conforme a necessidade das entidades que arrecadam os donativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário