sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Abelhas serão retiradas do Thouzet nesse sábado

Tribuna de Petrópolis - 25/02/2011

O menino Wallace da Silva Freitas, de 10 anos, que foi atacado por abelhas e levou mais de mil ferroadas, na última segunda-feira, continua no CTI do Hospital Alcides Carneiro. Ontem, o apicultor João Batista de Carvalho isolou a área em que ocorreu o acidente. A retirada das cerca de 60 mil abelhas deve ser feita neste sábado. Elas estão dentro de um sofá abandonado entre o BNH da Dr. Thouzet e a comunidade conhecida como Sítio do Pica-Pau.
O presidente da Associação de Moradores do Sítio do Pica-Pau, Marcos Borges (Sagati), já havia alertado a Prefeitura, ainda no ano passado, sobre o perigo das abelhas no local. “Quando a gente agride a natureza, ela se volta contra nós mesmos. As pessoas devem se preocupar com o meio ambiente. Se não deixassem o sofá abandonado lá, isso não teria acontecido”, disse Sagati.
O líder comunitário chamou atenção para o fato de que as autoridades não tomaram as providências necessárias. Foi preciso recorrer ao Condomínio do Parque Residencial Dr. Thouzet (BNH), que pagou o apicultor para executar o serviço de retirada das abelhas. O Festival de Pipas que aconteceria no local neste fim de semana foi cancelado, por precaução. O menino Wallace soltava pipa no dia do acidente.
“Pagamos R$ 300 ao apicultor e ele fez o procedimento correto e volta para terminar o trabalho no sábado. Foi uma fatalidade. O menino poderia ter sido picado por uma cobra ou ter tido contato com outro bicho. Ele estava no local errado. Quero deixar claro que eu não sabia que ali naquele ponto havia abelhas. Se soubesse disso desde outubro, teria tomado uma providência”, disse Renata Grion, síndica do Condomínio do Dr. Thouzet.
As abelhas atacaram Wallace no início da tarde da última segunda-feira, na mata próxima aos últimos blocos do Condomínio da Dr. Thouzet. O menino ainda teria descido uma ribanceira correndo, assustado depois do ataque. O Corpo de Bombeiros foi acionado por moradores e chegou rapidamente ao local. O menino foi encontrado caído no fim da ribanceira. Ele recebeu os primeiros socorros no local e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro, onde foi atendido e encaminhado para o Hospital Alcides Carneiro, em Corrêas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário