sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Educandário Terra Santa é reformado

Tribuna de Petrópolis - 26/08/2011

Autoridades municipais prestigiaram a inauguração das obras: novas salas
O Educandário Terra Santa, tradicional estabelecimento de ensino da cidade, teve inauguradas ontem as reformas em seu prédio, com a presença do prefeito, secretários de governo, frei Antônio Moser e o monsenhor Paulo Elias Daher Chédier, vigário geral da Diocese de Petrópolis. A escola é uma das instituições que mantem convênio entre a Mitra Diocesana e a Prefeitura Municipal. Ainda foram abertas salas de leitura, de informática e de recursos multifuncionais, esta recebendo o nome de Madre Teresa de Calcutá.
Estiveram presentes na solenidade o secretário de Educação, William Campos; o secretário de Fazenda, Hélio Volgari; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Ciência e Tecnologia, Robson Cardinelli; o secretário de Obras, Stênio Nery; a secretária de Saúde, Aparecida Barbosa; e o comandante da Guarda Municipal, Eliel Silveira. O frei Antônio Moser, além de pároco da comunidade de Santa Clara e diretor da Editora Vozes, é também o atual diretor do Terra Santa.
Antes da abertura oficial da solenidade, algumas das 369 crianças do centro educacional fizeram apresentações de dança e de tai chi chuan. Como complemento às atividades escolares, as crianças participam de um projeto que oferece dança, curso de línguas, teatro e esportes, além de atendimento com psicólogos e pediatras. Para a diretora-geral, Denise Carmo Sant’anna Lisboa, ver concluída a reforma é ter um sonho realizado.
“É um dos dias mais felizes de nossas vidas. É uma data importante para todos nós. Há sete meses, corremos o risco de não existir mais, de ter a escola fechada, já que um andar inteiro ficou interditado por danos causados pela chuva. Mas hoje é um dia muito feliz. Nossa escola agora está linda, reformada e com os principais problemas resolvidos. Agradeço a todas as pessoas que nos ajudaram. Deixo aqui o meu muito obrigado, de coração”, declarou ela, na presença de alunos e pais.
O frei Moser destacou que a Igreja do Brasil sempre se preocupou com a missão e a educação do povo. “Sempre estivemos envolvidos com a educação. Confesso que vacilei ao receber o convite para administrar o Terra Santa, não queria assumir por saber dos muitos problemas que precisavam ser resolvidos. Eu hesitei, mas hoje agradeço a oportunidade e peço desculpas pelas cobranças que fiz ao governo municipal. Não estou arrependido”, disse o religioso, que ainda entregou ao prefeito cartas de solicitação de vagas para a creche, que necessita de um novo espaço para acomodar mais 60 vagas.
O secretário William Campos lembrou que a atual administração tem trabalhado para corrigir um antigo problema na cidade, que não teve aumento das vagas de educação infantil nos últimos 10 anos. “São 20 mil crianças de 0 a 5 anos que precisam encontrar vagas na rede municipal. Já garantimos 7 mil e trabalharemos por mais 13 até o fim de 2012. Hoje temos 41 escolas para esta faixa e queremos chegar a 80. Investir na educação infantil é investir no futuro de Petrópolis”, relatou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário