quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Novena de São Sebastião 2016 – 9º Dia

Novena de São Sebastião 2016
Tema – Misericórdia: caminho que une Deus e o homem
A Novena do Glorioso Mártir São Sebastião chegou ao fim nessa terça-feira com o seu nono e último dia. O sacerdote a presidir a celebração foi o padre Mário Coutinho, pároco na Igreja de São José, em Itaipava. Ele falou sobre o tema "Maria: Mãe da misericórdia". Também esteve presente o padre Gustavo. Vale registrar que nesses nove dias a igreja esteve sempre cheia, registrando grande participação dos paroquianos, mesmo com a chuva dos últimos dias.
Logo no início de sua homilia, o padre Mário chamou a atenção para um beija-flor que voava de um lado para o outro desde antes da missa. Ele disse que o coração dessa ave pode bater até 480 vezes por minuto (quando ela está em repouso) e esse coração representa 15% do volume corporal dela, a maior proporção entre todos os animais. É uma criatura divina, onde Deus expressa sua misericórdia possibilitando que uma ave tão frágil possa fazer tanto.
Observando também a imagem de Nossa Senhora da Piedade que fica na entrada da igreja, à esquerda, pode falar diretamente do tema. "Assim como Jesus está ali repousando no colo de Nossa Senhora, nós que passamos dias prostrados com doenças, cansaço e as batalhas diárias precisamos também desse colo de mãe. Maria é a mãe da misericórdia e é o que expressa essa imagem da Pietá", declarou.
"Nossa vida é marcada por dores, sofrimento, perdas e até dúvidas sobre as coisas de Deus. Onde está o amor de Deus perante a fome que o mundo passa? Nas tragédias que assolam os povos? Nas crianças que sofrem? Fazemo-nos inúmeras perguntas até percebermos que é ali que o amor de Deus se torna abundante, sendo a presença viva que nos conforta, nos leva adiante", enfatizou.
Ele lembrou que passamos a chamar Maria de mãe a partir do momento que Jesus a entregou ao discípulo que amava. "Diante da cruz nós sentimos pequenos, nossas dúvidas tornam-se pequeninas. Nossa Senhora permaneceu de pé até o fim quando o filho já agonizava na cruz. Ela incentivava o filho a dar sua vida por nós, mesmo sofrendo, pois sabia que a vontade do Pai era plena e sua misericórdia não falharia", disse.
O padre Mário falou que o fato de estarmos sempre trazendo Maria as nossos pensamentos e orações é porque precisamos aprender com ela a dimensão do verdadeiro amor. "Volte para nós o seu olhar, ó mãe. Que veja em cada um de nós um filho sofredor que precisa do seu carinho e afeto", bradou ele, que terminou sua reflexão com um momento de oração envolvido pela canção Onde o Espírito de Deus Está, da Comunidade Católica Colo de Deus. "Todos nós somos convidados a ter uma vida nova, ninguém está perdido".

Nenhum comentário:

Postar um comentário