Crianças prontas para ajudar no combate à dengue

Tribuna de Petrópolis - 21/07/2011


Em casa, as crianças deverão atuar como multiplicadoras da informação

O Posto de Saúde da Família Nova Cascatinha, coordenado pela Faculdade de Medicina de Petrópolis, está ministrando um curso para a formação de agentes mirins de combate à dengue. O objetivo é utilizar a propagação do conhecimento que as crianças já costumam fazer, assim é mais fácil atingir as famílias da comunidade. A região de Cascatinha foi um dos focos de dengue do último verão em Petrópolis. Só neste PSF, foram registrados mais de 200 casos. Nesta semana, a primeira turma começou as suas aulas, de 14h às 16h, e a formatura é no dia 22.

A equipe do PSF, junto com alunos de Enfermagem e Medicina da FMP, vai dar o curso também na próxima semana, entre os dias 26 e 29 de julho. “Nesta semana, são 53 crianças no curso. Devemos atingir até 130, que vão da faixa de 5 até 12 anos, todas do Nova Cascatinha. A nossa meta é fazer com que eles sejam um meio de comunicação com a comunidade, alertando os pais e até os vizinhos. E a maioria das crianças não espera que os reponsáveis mandem agir, elas mesmas fazem”, declarou Lívia Teixeira, enfermeira do posto.Hoje, as crianças vão fazer uma passeata recolhendo o lixo do bairro. Elas estarão vestidas com camisas estilizadas em atividade durante o curso. A médica coordenadora do posto, Rosa Gouvêa de Souza, explicou ainda a opção pelas crianças. “As crianças aprendem muito fácil e são uma forma interessante de fazer com que os conhecimentos entrem nas famílias. Isto gera uma repercussão muito melhor”, explicou. Para evitar o que ocorreu no verão desse ano, a campanha não vai parar. O PSF vai intensificar os esforços para estar bem preparado para o mês dezembro, quando se inicia o verão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa de Stefan Zweig será aberta ao público no mês de novembro

Os maiores campeões brasileiros

Número de ligações já dobrou com divulgação de Disque Denúncia local