quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mística Rubro-Negra


O Flamengo no jogo de ontem contra o Corinthians mostrou o motivo de ser a maior torcida do país, independente de qualquer empate técnico, né DataFolha. Jogou com vontade, a raça que encanta a torcida. A zaga não brincava, dava chutão. Juan foi esperto no lance do pênalti. Willians correu muito. Rômulo encaixou no time e não tomamos gol, o que tem sido raro nesse ano. Adriano mesmo no estilo Seu Barriga correu e ajudou na marcação, além do gol, é claro. Só faltou comemorar né Imperador. E o Vágner Love pode até prender um pouco a bola e desperdiçar algumas oportunidades, mas veste o Manto Sagrado como poucos. Pra cima deles Mengo!

À beira do gramado, pela primeira vez estava Rogério Lourenço como técnico do Flamengo, mesmo que interinamente. Oitavas de final da Libertadores e com o Corinthians no ano de seu centenário é brincadeira NE, que bomba essa hein Rogério. Mas os jogadores dessa vez entenderam o que era preciso ser feito e jogaram com seriedade e com a atenção que o jogo pedia.

Queria ter ido ao Maraca e participar da linda festa da torcida, será que vou antes de fechar pras obras da Copa de 2014? Enfim, espero que consiga. Pra isso é preciso também que avancemos na Libertadores.

Apesar dos erros, crise, falta de planejamento...A paixão fala mais alto e a Nação pode empurrar o time pra mais esse título. Deixou chegar...

Um comentário:

  1. Caraaca! É um colunista de esportes nato! Nasceu pra isso! hahaha
    Mas sabe como é, sem muitos comentários, não acho que flamengo seja um assunto relevante, mas de qualquer maneira, quando vc falar sobre o vasco eu dou um parecer! hahhaa zoa zoa
    Abraço!

    ResponderExcluir