quinta-feira, 10 de julho de 2014

Um time para 2018


Gostaria de ter escrito antes sobre a Copa do Mundo, mas a correria não deixou e a preguiça também. Terminado o mundial, volto para colocar por aqui algumas considerações. Agora, nas vésperas da grande final do Maracanã entre Alemanha e Argentina, ainda ecoa a humilhante goleada sofrida pela Seleção Brasileira na semifinal: 7 x 1. A maior derrota dos canarinhos em sua história centenária. Entre muitas discussões e a busca de motivos, já há quem aponte os jogadores que podem continuar defendendo o Brasil. Felipão, em coletiva, acredita em um otimista aproveitamento de 70% do grupo. Eu discordo. Entre os 30 na lista da FIFA, destaco oito aptos para a Rússia em 2018.

Continuariam: Victor, Thiago Silva, David Luiz, Marcelo, Oscar, Willian, Neymar e Lucas, este preterido entre os 23. Outros podem até estar em alta, mas não cravo agora. Somados a estes, faço um exercício de futurologia para achar os 15 restantes. Digo desde já que isso é um apontamento, utilizando nomes lembrados e sabendo que muitos ficaram de fora. Inclusive uma ou duas revelações brasileiras que podem integrar o time. Vamos lá:

1 - Victor
2 - Rafael
3 - David Luiz
4 - Samir
6 - Marcelo
5 - Sandro
8 - Anderson
11 - Philippe Coutinho
7 - Willian
10 - Neymar
9 - Diego Tardelli
12 - Diego Alves
13 - Danilo
14 - Marquinhos
15 - Thiago Silva
16 - Alex Sandro
17 - Fernando
18 - Rômulo
19 - Lucas
20 - Oscar
21 - Alexandre Pato
22 - Taison
23 - Neto