quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ainda precisa melhorar

Quando a fase é boa qualquer coisa ajuda. Já é conhecido no futebol que quando um time ou jogador passam por uma boa fase, a sorte costuma ajudar. Jonas, o artilheiro do Brasileiro com 12 gols, esteve num dia desses. Participou do 1º gol do Grêmio e ainda fez o segundo, onde só precisou encostar o pé na bola para colocá-la no fundo das redes. E no fim Pet também deu sorte, matou mal a bola que escapou de Victor e o sérvio marcou o empate rubro-negro. Mas se o ataque voltou a funcionar, a defesa parou. Detalhe, Silas tem 7 jogos: 1 vitória, 4 empates e 2 derrotas. Fez 9 gols e tomou 11.

Sou fã do Angelim e com ídolos a gente tem um pouco mais de paciência. A zaga titular deveria ser David e ele. Mesmo com a falha de ontem é um grande zagueiro, se posiciona bem e tem respaldo. O sistema precisa de equilíbrio, não só na dupla de zaga, mas também com os laterais e volantes. Willians conquistou a sua posição e deve formar o meio com Maldonado e Toró ou Correa. Fica uma vaga para a criação no meio com Petkovic. Renato não é armador.

A dupla de frente era a grande esperança e com alguns jogos mostrou que precisa ainda de ajustes. Sem concorrência continuam titulares. Porém é preciso dar mais chances para Diego Maurício e ver se mais alguém durante os treinamentos pode contribuir, como o pouco aproveitado Marquinhos. E na base pode garimpar alguma promessa. Camacho faz gols na base, poderia receber nova chance. E tem ainda Carlyle (onde anda?) e Eliabe, bons jogadores.

A Copa Sub-23 é uma ótima oportunidade para fazer experiências e testar jogadores. Não pode desperdiçar. O time precisa de uma sequencia de vitórias. Título já era, Libertadores ainda dá, mesmo com menos uma vaga.

Nova Seleção

Já saiu mais uma convocação para a Seleção Brasileira. Mano Menezes chamou 23 jogadores para dois amistosos em outubro na Europa. Mas ainda não tem adversários confirmados. Neymar está fora da lista e o lateral Mariano do Fluminense foi convocado. O jovem goleiro Neto do Atlético-PR foi chamado, tendo em vista a disputa das Olimpíadas de 2012. E Ney Franco foi confirmado como técnico da seleção Sub-20 e coordenador das categorias de base, assume em definitivo no mês de dezembro, quando deixa o Coritiba e espera levar o coxa de volta à elite do Brasileiro.

Goleiros:
Victor - Grêmio
Jefferson - Botafogo
Neto - Atlético Paranaense

Laterais-direitos:
Daniel Alves - Barcelona
Mariano - Fluminense

Zagueiros:
Thiago Silva - Milan
Alex - Chelsea
David Luiz - Benfica
Rever - Atlético Mineiro

Laterais esquedos:
André Santos - Fenerbahçe
Adriano - Barcelona

Volantes:
Lucas - Liverpool
Sandro - Tottenham Hotspur
Ramires - Chelsea

Meias:
Elias - Corinthians
Wesley - Werder Bremen
Carlos Eduardo - Rubin Kazan
Giuliano - Internacional

Atacantes:
Philippe Coutinho - Internazionale
Robinho - Milan
Alexandre Pato - Milan
Nilmar - Villareal
André - Dínamo Kiev

Seis tem idade olímpica (Neto, André, Alexandre Pato, Giuliano, Phillipe Coutinho e Sandro) e cinco estiveram na Copa da África (Daniel Alves, Nilmar, Ramires, Robinho e Thiago Silva).

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Neymar derruba Dorival


Depois de aprontar em alguns jogos e irritar até técnico adversário Neymar foi afastado por tempo indeterminado do time do Santos. Ficou claro para Dorival, menos para a diretoria, torcida e parte da imprensa. Depois de ficar de fora no fim de semana contra o Guarani a expectativa era de que o jovem atacante enfrentasse o Corinthians, mas Dorival manteve a decisão de deixá-lo fora. Nisso, a diretoria se posicionou à favor do jogador e o demitiu. Mesmo que o discurso seja diferente.

- É bom que fique claro que o Dorival não foi demitido. Chegamos num momento de total incompatibilidade e a convivência ficou insuportável, portanto foi de comum acordo, a decisão foi mútua - explicou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luiz Conceição.

Foi errado. É um bom treinador e conseguiu dar um padrão de jogo ao time, tornando-o competitivo e encantador. Levou o Paulista e a Copa do Brasil, classificando-se para a Libertadores. Ganso e o problemático Neymar eram os destaques. André foi vendido e foi pra Seleção Brasileira.

Agora vem qualquer um e ainda terá que se adaptar ao time. Dorival ganha e o Santos perde. E que Neymar volte às manchetes pelos gols e dribles.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Renato é artilheiro da década no Fla

Renato demorou e mesmo fora de forma marcou novamente um gol pelo Flamengo. O último havia sido em 03 de Junho de 2007, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. Portanto, foram 11 jogos de jejum: os nove de agora e mais dois ainda em 2007. Com isso, empatou com Obina e os dois agora dividem a liderança na lista dos artilheiros do Flamengo nesta primeira década do século XXI. Renato tem até o fim do ano para se isolar na lista. Segue a relação:


1 - Obina - 47 gols (7/2005 + 16/2006 + 9/2007 + 15/2008)
2 - Renato - 47 gols (14/2005 + 19/2006 + 13/2007 + 1/2010)
3 - Edílson - 44 gols (28/2001 + 16/2003)
4 - Léo Moura - 37 gols (7/2005 + 2/2006 + 5/2007 + 13/2008 + 7/2009 + 3/2010)
5 - Adriano - 36 gols (2/2001 + 19/2009 + 15/2010)
6 - Ibson - 33 gols (10/2004 + 1/2005 + 6/2007 + 15/2008 + 1/2009)
7 - Juan - 32 gols (7/2006 + 7/2007 + 8/2008 + 8/2009 + 2/2010)
8 - Jean - 32 gols (13/2003 + 15/2004 + 4/2005)
9 - Petkovic - 27 gols (13/2001 + 2/2002 + 8/2009 + 4/2010)
10 - Souza - 24 gols (15/2007 + 9/2008)

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Fla empata com o Santos na despedida do Maracanã

Ainda não foi dessa vez. Silas, com menos de uma semana de trabalho, não mudou o desempenho do Flamengo no Campeonato Brasileiro.E não conseguiria fazer diferente com o pouco tempo que teve. O time mostra equilíbrio: tem a melhor defesa (junto com o Ceará) e o pior ataque da competição. Mas é justamente a falta de gols que chama atenção no rubro-negro. Tendo a disposição, a nova dupla de ataque 'D2' a expectativa era grande, mas novamente a Nação saiu do Maracanã sem comemorar um gol e a casa rubro-negra só voltará a receber jogos em 2013.
Silas lançou Toró como titular para dar mais liberdade aos alas Léo Moura e Juan, que seriam as melhores armas de criação do Flamengo. Petkovic foi para o banco e Renato seria o único meia de armação, mesmo que esta não seja a sua principal característica. Willians é a válvula de escape, mas precisa ainda melhorar nas finalizações para ser um jogador de marcação e chegada ao ataque com eficiência. Mesmo que ele tenha muito fôlego, a equipe às vezes peca no último passe e este erro faz parte da carência de gols.
Diogo, em três partidas, mostrou que é superior aos seus concorrentes de ataque, mas junto com Deivid não conseguiu balançar as redes do Maraca. Deivid, que pela primeira vez vestiu o Manto Sagrado, perdeu grande chance aos 20 minutos de jogo e ainda estava sem ritmo. O jogador disse durante a semana que o time tem um bom projeto e potencial para subir na tabela.
O Santos não contou com Paulo Henrique Ganso, lesionado, e Neymar, suspenso. A ausência dos principais jogadores pesou no alvinegro praiano que teve no goleiro Rafael o grande destaque. O goleiro fez importantes defesas, principalmente no fim, quando Petkovic tentou por duas vezes o gol olímpico.
No segundo tempo, Silas ainda promoveu a entrada de Kléberson no lugar de Willians, machucado; Petkovic na vaga do cansado Renato e Diego Maurício substituindo o estreante Deivid. O time se acomodou, apesar de ter lutado bastante, mas não conseguiu vencer. Pet entrou e deu bons passes, o que demonstra a categoria do sérvio, que completa 38 anos nesse mês.