quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Neymar derruba Dorival


Depois de aprontar em alguns jogos e irritar até técnico adversário Neymar foi afastado por tempo indeterminado do time do Santos. Ficou claro para Dorival, menos para a diretoria, torcida e parte da imprensa. Depois de ficar de fora no fim de semana contra o Guarani a expectativa era de que o jovem atacante enfrentasse o Corinthians, mas Dorival manteve a decisão de deixá-lo fora. Nisso, a diretoria se posicionou à favor do jogador e o demitiu. Mesmo que o discurso seja diferente.

- É bom que fique claro que o Dorival não foi demitido. Chegamos num momento de total incompatibilidade e a convivência ficou insuportável, portanto foi de comum acordo, a decisão foi mútua - explicou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luiz Conceição.

Foi errado. É um bom treinador e conseguiu dar um padrão de jogo ao time, tornando-o competitivo e encantador. Levou o Paulista e a Copa do Brasil, classificando-se para a Libertadores. Ganso e o problemático Neymar eram os destaques. André foi vendido e foi pra Seleção Brasileira.

Agora vem qualquer um e ainda terá que se adaptar ao time. Dorival ganha e o Santos perde. E que Neymar volte às manchetes pelos gols e dribles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário